Notícias | Dia a dia
Seis top 60 jogam forte qualificatório em Xangai
05/10/2018 às 20h36

Mesmo top 40, Millman terá de jogar o quali

Foto: Arquivo

Xangai (China) - Mesmo na condição de número 36 do ranking desta semana, o australiano John Millman terá de disputar o qualificatório para o Masters 1000 de Xangai a partir da madrugada deste sábado.

Não foi só. Outros dois dos três principais cabeças de chave do quali figuram no momento no top 50 do ranking e todos os oito principais participantes da fase prévia aparecem entre os 60 primeiros da lista internacional.

A fortíssima competição pode ter uma rodada decisiva bem curiosa. Se der a lógica, Millman jogará a segunda e decisiva partida do quali diante do norte-americano Mackenzie McDonald, que é 81º.

O cabeça 2 do quali chinês é o português João Sousa, 43º colocado, seguido do australiano Matthew Ebden, 48º. Os outros favoritos são o eslovaco Martin Klizan (51º), o sérvio Dusan Lajovic (55º), o italiano Matteo Berretini (58º) e os norte-americanos Tennys Sandgren (59º) e Taylor Fritz (60º).

A simples participação no quali de Xangai dá quase US$ 3 mil ao tenista, enquanto uma vitória praticamente dobra a premiação e ainda confere 16 pontos no ranking. Quem supera o quali garante o prêmio de primeira rodada da chave, superior a US$ 10 mil, e acumula 25 pontos no ranking.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis