Notícias | Dia a dia
Jogadores falam sobre Brasil que querem no tênis
07/10/2018 às 06h00
O Brasil que eu quero para o tênis é um país com mais investimento em torneios. Perdemos muitos challengers e futures, que tinha praticamente quase toda semana, e isso ajudava mais a termos um número maior de jogadores entre os 200 ou 300. E também mais investimento juntando esporte e educação, pois acho que uma coisa leva a outra e assim o país vai para frente
Thiago Monteiro, atual número 1 do país na ATP
Acho que falta muito um centro de treinamento que possa agrupar todos os jogadores num time legal de trabalho. Eu estava na maior cidade do país e não tinha ninguém para treinar comigo. Se a gente conseguisse montar um centro de treinamento com bons técnicos e uma boa equipe seria importante. O Brasil é um país grande, ninguém treina junto então acaba não tendo muito intercâmbio e cada um faz sua vida. Material humano nós temos, só que cada um treina num lugar
Thomaz Bellucci
Gostaria de ver muita criança jogando tênis, muita quadra pública, muitos mais projetos sociais, muito mais inclusão.  É muito difícil você ver gente jogando tênis hoje em dia. Queria mais gente jogando, mais torneios e o tênis sendo mais valorizado
Rogério Silva
O Brasil sempre teve tenistas muitos bons, principalmente no juvenil, mas que não se destacaram no profissional. Uma coisa que eu queria ver daqui algum tempo era três ou quatro jogadores do país fixos dentro do top 100
Thiago Wild
Acho que mais investimento na formação dos meninos, vejo muita gente trabalhando, mas trabalhando um pouco mal. Quando eu falo meninos é bem na base, nos primeiros torneios, quando eles ganham gosto pelo esporte, aprendem os golpes certos e a competir. Acho que falta um pouco isso na faixa dos 10 anos até os 15. Temos bons profissionais nessa área, mas precisamos melhorar a capacitação da maioria e assim a base vir melhor. Hoje são poucos os jogadores novos, não enche uma mão na hora de contar. Isso é uma coisa que sempre faltou para nós.
Guilherme Clezar
Minha vida inteira foi dentro do tênis e meu grande sonho, minha grande busca é ajudar a mostrar que aqui dentro do Brasil, uma vez tendo estrutura, temos plenas condições para ser um país que produz jogadores de maneira consistente, com um tênis de alto nível. Temos vários lugares com condições de se fazer trabalhos, mas sem a estrutura necessária. Já temos uma estrutura muito melhor do que 10 anos atrás, mas ainda está distante do Brasil que eu gostaria de ver.
João Zwetsch
Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis