Notícias | Outros
Vinda de projeto social, Nalanda faz semi em SC
11/10/2018 às 18h08

Nalanda Silva tem 15 anos e começou a jogar em projeto social de Goiás

Foto: Luiz Candido/Luz Press

Itajaí (SC) - A goiana de 15 anos Nalanda Teixeira é um dos destaques da 10ª Copa Santa Catarina Internacional de Tênis, torneio ITF G4, que conta pontos para o ranking mundial juvenil. A jogadora de origem humilde e natural da cidade de Minaçu garantiu vaga na semifinal da categoria principal depois de vencer a britânica Mila Burek por 6/3 e 6/4 no saibro do Itamirim Clube de Campo.

Nalanda é a segunda melhor jogadora da América do Sul na categoria 16 anos e disputou o Mundial da categoria em Budapeste, na Hungria. Ela começou a jogar aos nove anos graças ao projeto social Quadra de Talentos coordenado pelo técnico da Federação Francesa de Tênis, Laurent Philippe que se radicou no Brasil. Depois que o projeto terminou no ano passado, Nalanda foi acolhida por uma academia no Rio de Janeiro que paga suas despesas de treinamento, moradia e algumas viagens.

A adversária de Nalanda Silva na semifinal será a colombiana Gabriela Giraldo, cabeça 2 do torneio, que impediu uma semifinal brasileira ao derrotar Sofia Mendonça por 6/2 e 6/0.

Outra goiana entre as semifinalistas é Lorena Cardoso, quinta pré-classificada, que vencia a principal favorita finlandesa Alexandra Antilla quando a rival abandonou por uma contratura nas costas. Lorena encara a brasiliense Isabel Oliveira, terceira favorita, que fez 6/0 e 7/6 (7-2) sobre a paulista Erika Cheng.

Principal favorito na chave masculina, o paulista de 17 anos Rafael Marques da Silva venceu o colombiano Gabriel Hurtado por 6/0 e 6/3. Marques enfrenta na semifinal o carioca Daniel Szuczpak, que surpreendeu o cabeça 4 paranaense Eduardo Taiguara por 6/1 e 6/3. Do outro lado da chave, o cabeça 2 norte-americano Dali Blanch venceu o cearense Jackson Xavier por 6/1 e 6/4 para garantir o encontro com o argentino Ezequiel Monferrer, que derrotou o convidado paranaense Guilherme Brizuela por 6/2 e 6/1.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis