Notícias | Dia a dia
Stephens vence outra, mas ainda não se classifica
24/10/2018 às 14h10

Stephens precisava vencer em dois sets para antecipar sua classificação à semi

Foto: Divulgação

Cingapura (Cingapura) - No jogo que reuniu duas vencedoras da primeira rodada do Grupo Vermelho do WTA Finals, Sloane Stephens marcou sua segunda vitória do torneio e ficou mais perto de uma vaga na semifinal em Cingapura. A norte-americana, número 6 do mundo, superou a nona colocada holandesa Kiki Bertens por 7/6 (7-4), 2/6 e 6/3 em 2h20 de partida.

Apesar da invencibilidade após duas rodadas do torneio, Stephens ainda não pode comemorar sua classificação para a fase semifinal. A norte-americana poderia ter garantido a vaga na próxima fase caso tivesse vencido seu jogo desta quarta-feira em sets diretos. O resultado também impediu a eliminação de Naomi Osaka, que dependia da vitória de Stephens para permanecer com chances de classificação.

Em busca de sua terceira vitória no Finals, Stephens enfrentará Angelique Kerber na próxima sexta-feira. A norte-americana tem quatro vitórias e uma derrota diante da canhota alemã. Por sua vez, Bertens joga contra a japonesa Osaka, para quem perdeu no único duelo anterior. Nenhuma das quatro jogadoras da chave está matematicamente classificada ou eliminada.

O equilibrado set inicial durou 52 minutos e terminou com dois pontos a mais a favor de Bertens, 40 a 38. Ainda que Stephens tivesse uma quebra de vantagem em dois momentos distintos, a holandesa conseguiu buscar o empate nas duas ocasiões. O tiebreak começou favorável à norte-americana, que contou com dois erros não-forçados da rival para abrir 3-0, e posteriormente 5-1. Bertens chegou a salvar dois set points, mas voltaria a cometer um erro em momento crucial que custou a perda do set.

Depois de ter cometido 19 erros não-forçados durante o set inicial, Bertens foi mais firme do fundo de quadra na parcial seguinte e deu apenas dez pontos de graça. A holandesa também pressionou muito nas devoluções e só permitiu que Stephens vencesse seis dos 22 pontos jogados com o próprio saque e conseguiu quebrar quatro vezes.

A parcial decisiva começou favorável a Bertens, que abriu 2/0 e saque, mas Stephens recuperou a confiança a partir do momento em que devolveu a quebra. A norte-americana, que vinha com dificuldades para sacar e também na movimentação, não teria mais o serviço ameaçado e conquistou mais duas quebras para consolidar a vitória. Ainda que Bertens tenha liderado nos winners por 24 a 18, a holandesa cometeu 47 erros contra 37 de sua adversária.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis