Notícias | Dia a dia
Aumento nas expectativas volta a assombrar Osaka
24/10/2018 às 19h57

Osaka perdeu seus dois primeiros jogos no WTA Finals

Foto: Divulgação

Cingapura (Cingapura) - Depois de sofrer duas derrotas na fase de grupos do WTA Finals e ficar com poucas chances de classificação em Cingapura, Naomi Osaka acredita que o aumento nas expectativas sobre si mesma estão comprometendo seu desempenho. A atual campeã do US Open já havia passado por situação parecida depois da conquista de seu primeiro título de WTA, que foi logo o Premier de Indian Wells em março.

"Sou uma perfeccionista, sempre espero muito de mim mesma, e quando outras pessoas também esperam muito de mim, acabo sentindo isso de novo. Isso tudo explode e então eu começo a falar comigo mesma na quadra", disse Osaka, que perdeu para Sloane Stephens e Angelique Kerber no Finals.

"Geralmente quando eu estou ganhando, eu consigo controlar minhas emoções, mas quando o resultado não vem eu não consigo controlar tão bem", avaliou a jovem japonesa de 21 anos e número 4 do ranking mundial.

A respeito da derrota por 6/4, 5/7 e 6/4 para Kerber nesta quarta-feira, Osaka avalia que voltou a ter dificuldades com o saque. A japonesa colocou apenas 50% de primeiros serviços em quadra diante da alemã. Com a necessidade de utilizar o segundo saque em 52 pontos, a japonesa só venceu 20 e permitiu seis quebras à ex-número 1 do mundo.

"Eu sinto que este jogo foi uma continuação do último, já que eu não consegui sacar bem em nenhum deles", avaliou Osaka após a partida. "De certa forma, estou orgulhosa de ser capaz de fazer os jogos equilibrados sem ter um bom primeiro saque, mas eu não sei. Sinto que tem alguma coisa errada com isso e preciso treinar".

"Por alguma razão eu não consigo pegar o tempo da bola na quadra, nos golpes do fundo de quadra ou no saque", comenta a japonesa, que disputa o Finals pela primeira vez na carreira. "Então, é um sentimento estranho de enfrentar as melhores jogadoras, mas não saber o que fazer na próxima bola. Quero estar em minha melhor forma, mas eu realmente não estou lá. Isso é um pouco deprimente".

Osaka ainda não está matematicamente eliminada do Finals. A japonesa precisa vencer seu terceiro jogo no torneio, diante da holandesa Kiki Bertens, e torcer para Sloane Stephens derrotar Angelique Kerber no outro jogo da rodada. O cenário ideal para Osaka seria vencer em sets diretos para evitar que a definição de uma das vagas do grupo se dê pelo percentual de games vencidos.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis