Notícias | Dia a dia
Bia vence após 2h30 e joga a primeira semi do ano
02/11/2018 às 22h51

Bia vence três seguidas no mesmo torneio pela primeira vez no ano

Foto: Arquivo

Tyler (EUA) - Depois de passar por dois jogos difíceis nas fases iniciais do ITF de US$ 80 mil no piso duro de Tyler, no Texas, Beatriz Haddad Maia novamente encarou altos e baixos para conquistar mais uma vitória no torneio norte-americano. A número 1 do Brasil mostrou muito poder de reação para vencer a experiente búlgara de 29 anos Sesil Karatantcheva, ex-número 35 e atual 239ª colocada, por 6/1, 3/6 e 7/5 em 2h29 de partida. A paulistana perdia o último set por 4/1, com duas quebras abaixo, e viu a rival sacar para o jogo.

Bia consegue vencer três jogos seguidos no mesmo torneio pela primeira vez na temporada e alcança sua primeira semifinal do ano. Ela não chegava tão longe em um torneio desde setembro do ano passado, quando foi finalista do WTA de Seul depois de vencer quatro jogos e só parar diante da então número 10 do mundo Jelena Ostapenko.

Ex-número 58 do mundo, Bia aparece atualmente na 235ª posição do ranking, mas não defende resultados até o fim do ano. A campanha rende 42 pontos à jogadora de 22 anos, com possibilidade de 70 com o vice-campeonato e 115 em caso de título. A canhota paulista se aproxima da volta ao top 200 e pode terminar o torneio em torno do 170º lugar do ranking.

A adversária de Bia na semifinal deste sábado será a norte-americana de 27 anos e 181ª colocada Danielle Lao, que derrotou a compatriota Lauren Davis por 6/1 e 7/5. Do outro lado da chave, a ex-top 10 e atual 39ª do ranking Belinda Bencic segue como principal favorita do torneio. A suíça de 21 anos enfrenta na semifinal a promissora norte-americana de 16 anos Whitney Osuigwe.

Bia conseguiu se impor durante o primeiro set. A paulistana era a mais agressiva em quadra, mandava nos pontos, pressionou bastante nas devoluções e contava com muitos erros da adversária, que não conseguia responder a tanto volume de jogo. Karatantcheva não conseguiu vencer nenhum dos sete pontos jogados com seu segundo saque no set inicial e tampouco confirmou o serviço, permitindo três quebras à jogadora brasileira.

A vantagem de Bia ficou ainda maior no segundo set, quando ela conseguiu uma quebra logo de cara para abrir 2/0. A parcial foi um pouco mais equilibrada a partir do momento em que a búlgara conseguiu prolongar um pouco mais as trocas de bola para buscar o empate. Embora a brasileira tenha voltado a quebrar e liderado por 3/2, os longos ralis mexiam com sua paciência. Fora de suas características, ela saiu momentaneamente do jogo e não fez mais games até o fim da parcial.

Uma quebra sofrida logo na abertura do terceiro set abalou ainda mais a confiança de Bia, que voltaria a perder o saque no quinto game. Com mais prudência na construção dos pontos, a paulistana conseguiu espelhar o estilo de jogo da adversária e equilibrar o jogo, além de experimentar algumas variações. Ela chegou a devolver uma das quebras e reduzir a diferença para 4/3, mas Karatantcheva conseguiu confirmar o saque no longo game para sustentar a vantagem mínima.

Quando a búlgara sacou para o jogo, Bia foi novamente muito paciente e só agrediu quando tinha muita segurança para quebrar novamente e buscar o empate por 5/5. Na sequência, a paulistana confirmou o saque e passou a pressão para o outro lado. Trazendo a adversária para a rede, Bia teve sucesso novamente e voltou a quebrar para consolidar a vitória.

Alice Garcia faz semi no México - A brasiliense Alice Garcia venceu o terceiro jogo seguido e garantiu vaga na semifinal do ITF de US$ 15 mil disputado no piso duro da Cidade do México. Garcia venceu nesta sexta-feira a norte-americana Rushri Wijesundera por 5/7, 7/5 e 6/0. Cabeça de chave número 4 no México, Garcia ocupa atualmente a 1.001ª posição do ranking aos 24 anos e disputará sua segunda semifinal do ano, repetindo a campanha feita no saibro argentino de Villa Dolores. Em busca de um lugar na final, ela encara a russa Anastasiya Rychagova.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis