Notícias | Dia a dia
Feijão embala com nona vitória e faz final em SP
10/11/2018 às 20h47

Feijão enfrentará Lindell na final no Paineiras

Foto: João Pires/Fotojump

São Paulo (SP) - A final future do Paineiras, torneio de US$ 15 mil de premiação, acontece neste domingo às 11h (horário de Brasília) e será disputada pelo paulista João Souza, o Feijão, e o sueco Christian Lindell. Para chegar à terceira decisão na temporada, Feijão precisou derrotar o amigo e parceiro de treinos no juvenil, Nicolas Santos, anotando parciais de 6/2 e 7/6 (7-2).

Além de superar o rival, o tenista de Mogi das Cruzes também precisou driblar o mau tempo, uma vez que a chuva que interrompeu o duelo por duas vezes e exigiu que a partida fosse finalizada somente na quadra coberta. Esta foi sua nona vitória consecutiva no saibro brasileiro, buscando agora o terceiro troféu future em quase quatro meses.

“Ontem e hoje foram dias longos, muitas mudanças nas condições, joguei de dia e à noite, depois quadra coberta, mas isso é o tênis. A partida foi dura, o Nicolas e eu sempre tivemos uma rixa desde garoto, mas fico feliz por vê-lo jogando bem e como sempre não desistindo de nenhuma bola", disse o ex-top 70 do mundo.

Enquanto Feijão precisou aguardar seis horas para sacramentar sua vitória, Lindell alcançou sua vaga na final em 25 minutos, já que seu adversário, o gaúcho Rafael Matos, desistiu da partida no primeiro set, quando perdia por 4/1, apresentando problemas estomacais.

“Agora irei jogar com o Christian, aquele que considero o meu filho mais novo. Nós treinamos juntos a vida inteira e posso dizer que o conheço melhor do que minha mãe. Será divertida a final, uma decisão que me deixa feliz por ele e por mim. Agora falta pouco para fechar esta gira de torneios e estar mais próximo do meu objetivo de começar 2019 jogando os challengers”, finalizou Feijão.

O paulista leva a pior no histórico de confrontos com Lindell, perdendo por 3 a 2. Curiosamente o último encontro entre os tenistas ocorreu em uma final de future, em São Carlos, na temporada 2017, vencida pelo sueco.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis