Notícias | Dia a dia
Bencic derruba Garcia, Kudermetova salva 5 match-points
12/01/2023 às 10h46

Bencic apostou no bom desempenho no saque para vencer a francesa em três sets

Foto: Jimmie48/WTA

Adelaide (Austrália) - No jogo que encerrou a rodada das quartas de final do WTA 500 de Adelaide 2, Belinda Bencic superou Caroline Garcia e avançou na competição. A suíça, número 13 do mundo, eliminou a francesa, quarta colocada e jogadora de melhor ranking do torneio, ao marcar as parciais de 6/2, 3/6 e 6/4 em 1h53 de partida nesta quinta-feira.

"O importante hoje era confirmar o serviço. Acho que nós duas sacamos bem. É muito difícil de devolver contra a Caroline. Você precisa esperar por um segundo saque e tentar aproveitar a oportunidade", disse Bencic após a partida. Ela disparou 9 aces e só enfrentou dois break-points. Já Garcia, apesar dos 11 aces, acabou sofrendo quatro quebras e teve o serviço ameaçado sete vezes. A francesa liderou nos winners por 32 a 27, e cometeu 11 erros contra 10.

Um dos fatores para o bom desempenho de Bencic nos games de serviço foi a estratégia de sacar no corpo, para neutralizar a tática mais agressiva da rival nas devoluções. "Se você olhar a posição que ela fica na quadra, é o mais lógico a se fazer. E eu sei como ela se sentiria, porque também gosto de ficar em cima da linha de base. No fim do jogo, sabia que eu precisava também sacar bem, porque que ela colocaria muita pressão nas devoluções".

Grande virada de Kudermetova nas quartas
Bencic enfrenta na semifinal a russa Veronika Kudermetova, número 9 do ranking. Elas já se enfrentaram nove vezes, e a suíça lidera por 5 a 4, com duas vitórias e uma derrota no ano passado. O reencontro será às 5h (de Brasília) desta sexta-feira. "A gente se conhece desde o juvenil. É curioso, que algumas pessoas você enfrenta várias vezes durante o ano, e outras você nunca enfrenta. É bom saber como ela joga, mas será uma partida diferente. Cada torneio tem suas próprias condições, então não dá para comparar ou confiar muito nas estatísticas do passado".

Para chegar à semi, Kudermetova conseguiu uma grande virada nesta quinta-feira. A russa salvou cinco match-poitns na vitória sobre a norte-americana Danielle Collins por 4/6, 7/6 (7-5) e 6/1. "Não posso dizer se joguei meu melhor tênis hoje, mas mostrei meu melhor da parte mental porque tentei lutar até o fim. Para mim, esse não é apenas um treino antes de Grand Slam, eu sempre quero dar tudo em quadra".

Comentários