Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Anderson, Federer e Nishikori buscam 1º lugar do grupo
13/11/2018 às 21h26

Londres (Inglaterra) - Após a disputa de duas rodadas, o Grupo Lleyton Hewitt do ATP Finals permanece aberto. Embora Kevin Anderson esteja muito perto da vaga na semifinal e Dominic Thiem tenha remotas possibilidades de classficação, nenhum dos quatro integrantes da chave está matematicamente classificado ou eliminado.

Com duas vitórias em sets diretos no Finals, Anderson está em situação bastante favorável para avançar no torneio. O único cenário que eliminaria o sul-africano envolve uma derrota dele para Roger Federer em dois sets, uma vitória de Kei Nishikori sobre Dominic Thiem também em sets diretos e uma combinação no número de games que colocassem o suíço e o japonês à frente do sul-africano.

Federer pode tomar o primeiro lugar de Anderson se vencer seu jogo na quinta-feira e contar com vitória de Thiem sobre Nishikori. O suíço também pode assumir a liderança do grupo vencendo em sets diretos e contando com a perda de um set por parte de Nishikori. Pensando apenas na classificação, o hexacampeão não pode perder sets em caso de vitória do japonês sobre Thiem na quinta-feira. Já se o austríaco vencer, Federer só precisaria de um set.

A decisão no percentual de games vencidos ao longo das três rodadas da fase de grupos é também o único cenário que pode dar a liderança da chave a Nishikori, em combinação com vitórias dele e de Federer em dois sets. Dessa forma, os três jogadores teriam duas vitórias e uma derrota no grupo e 4-2 no número de sets vencidos durante a semana.

Também no aproveitamento de games, Thiem tem sua única chance de avançar, caso derrote Nishikori em sets e conte com vitória de Anderson sem perder sets para Federer. Neste caso, o sul-africano terminaria a semana com 100% de aproveitamento em vitórias e sets, enquanto o suíço, o austríaco e o japonês teriam uma vitória e duas derrotas na semana além do mesmo número de sets vencidos.

A rodada de quinta-feira começa ao meio-dia com o duelo entre Thiem e Nishikori. O japonês lidera o histórico por 3 a 1. Já a partir das 18h, Federer e Anderson se enfrentam. O suíço tem 4 a 1 no retrospecto, mas o sul-africano levou a melhor recentemente em Wimbledon.

Comentários