Notícias | Dia a dia
Mais um italiano é banido por manipular resultados
21/11/2018 às 18h02

Bracciali está com 40 anos e ocupava o top 100 no ranking de duplas

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Horas depois de anunciar uma sanção a Potito Starace, a Unidade de Integridade no Tênis (TIU) confirmou também nesta quarta-feira o banimento de Daniele Bracciali. O ex-top 50 está proibido de participar de qualquer competição e foi multado em US$ 250 mil.

As penas impostas a Bracciali são ainda mais duras em comparação com as que Starace recebeu, já que seu compatriota foi suspenso das competições por dez anos e recebeu uma multa de US$ 100 mil. Os dois casos foram investigados pelo auditor independente anticorrupção, o Prof. Richard H. McLaren, depois de uma audiência realizada em Londres nos dias 18 e 19 de setembro.

Assim como no caso de seu compatriota Bracialli foi considerado culpado de manipular resultados no ATP 500 de Barcelona de 2011 e dar informações privilegiadas a apostadores. O jogador seguia em atividade até a atual temporada e era o 95º no ranking de duplas aos 40 anos.

O melhor ranking da carreira de Bracciali em duplas foi o 21º lugar, alcançado em junho de 2012, ano em que foi semifinalista de Roland Garros. Em simples, ele foi número 49 do mundo em maio de 2006.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis