Notícias | Dia a dia
Zverev diz que conselho de Federer ajudou no Finals
22/11/2018 às 09h06

Federer e Zverev jogaram juntos na Laver Cup deste ano

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Um conselho dado pelo suíço Roger Federer pode ter ajudado o alemão Alexander Zverev a conquistar o ATP Finals no último domingo. O próprio tenista de 21 anos é quem admite a importância de uma breve conversa com o atual número 3 do mundo durante a Laver Cup.

“Ele me sugeriu que fosse mais agressivo, que jogasse mais dentro de quadra e atacasse mais. Se der certo, acho que ele não deveria ter dado esse conselho”, brincou Zverev, que derrotou o tenista da Basileia nas semifinais em Londres para depois vencer o sérvio Novak Djokovic na decisão.

As palavras de Federer parecem ir ao encontro do que pensa o técnico de Zverev, o tcheco naturalizado norte-americano Ivan Lendl, que também pediu mais agressividade ao pupilo na final contra Djokovic, que havia levado a melhor sobre o alemão na fase de grupos da competição.

Ao analisar a sua temporada, o quarto melhor do mundo na ATP lamentou ainda não ter conseguido resultados expressivos nos Grand Slam, mas garantiu que não foi uma questão de pressão extra ou algo do gênero que o impediu de ir mais longe nestes torneios.

“Não penso que tenha tremido nos Grand Slam, apenas houve momentos em que tive um pouco de azar. Em Roland Garros eu acabei me machucando, ao passo que em Wimbledon e no US Open eu perdi jogos bem equilibrados”, avaliou.

Zverev teve como melhor campanha da carreira em um dos quatro principais eventos do circuito as quartas de final alcançadas em Roland Garros Neste ano. Contudo, no Australian Open, em Wimbledon e no US Open ele sequer conseguiu passar da terceira rodada em 2018.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis