Notícias | Dia a dia
'Federer é o melhor e Nadal reconhece', diz López
23/11/2018 às 09h17

Madri (Espanha) - A polêmica de quem é o melhor tenista do mundo ganhou mais um capítulo nesta semana quando o espanhol Feliciano López afirmou em entrevista à rádio Onda Cero que o suíço Roger Federer é o maior e que inclusive seu compatriota Rafael Nadal reconhece a superioridade do atleta da Basileia.

“Já falei com Rafa sobre e isso e ele mesmo reconheceu”, afirmou o canhoto de Toledo, que em seguida destacou que acredita na possibilidade de outros jogadores superarem Federer, entre eles o próprio Nadal.

López também falou um pouco sobre sua nova função, a de diretor do Masters 1000 de Madri. “É algo que requer muito trabalho, mas há um ótimo time por trás que me ajuda muito, já que sou novo no assunto. Tenho aprendido muito, é uma oportunidade e uma grande responsabilidade, pois (Manolo) Santana deixou seu legado”.

Já com seus 37 anos de idade, o atual 64 do mundo já pensa na aposentadoria e tem tudo programado para o futuro. “Pretendo que o próximo ano seja o meu último jogando competitivamente. A ideia é encerrar minha carreira”, revelou o espanhol.

Ao fazer uma breve análise de sua carreira, López destacou a importância que a experiência teve em seus resultados. “Nos primeiros anos de minha carreira eu era mais inconsistente, mas nos últimos melhorei bastante por causa da experiência, que me ajudou a evoluir”, finalizou o ex-top 20, que venceu seis títulos em simples.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis