Notícias | Dia a dia | Australian Open
Australianos batem dupla cabeça 1 e mantêm esperança
25/01/2023 às 05h59

Melbourne (Austrália) - Se neste ano os atuais campeões do Australian Open não puderam defender o título, uma vez que Nick Kyrgios teve que desistir por causa de uma lesão no joelho e não repetiu a parceria com Thanasi Kokkinakis, as chances da casa de uma nova conquista nas duplas ainda não acabaram. Isso porque os convidados Jason Kubler e Rinky Hijikata seguem vivos na competição.

Os dois australianos mantiveram vivas a expectativa de festa da casa com propriedade, batendo nesta quarta-feira os cabeças de chave número 1, o britânico Neal Skupski e o holandês Wesley Koolhof em sets diretos, com placar final de 6/3 e 6/1, em apenas 66 minutos, garantindo vaga nas semifinais do primeiro Grand Slam da temporada.

A busca por um lugar na final terá como último obstáculo outra forte dupla, a do espanhol Marcel Granollers com o argentino Horacio Zeballos, oitavos favoritos, que levou a melhor para cima do tenista da casa John Peers e do alemão Andreas Mies em uma batalha de três sets, fechando o jogo com parciais de 6/4, 6/7 (2-7) e 6/2, depois de 2h24 de embate.

No outro lado da chave, os semifinalistas já estavam definidos. Os franceses Jeremy Chardy e Fabrice Martin, que nas quartas eliminaram os cabeças de chave 3, o salvadorenho Marcelo Arevalo e o holandês Jean-Julien Rojer, medirão forças com a parceria do monegasco Hugo Nys com o polonês Jan Zielinski, que eliminaram Rafael Matos na estreia e a segunda melhor dupla do torneio, Rajeev Ram e Joe Salisbury, nas oitavas.

Comentários