Notícias | Dia a dia
Motivada, Sharapova não cogita aposentadoria
12/12/2018 às 10h31

Sharapova só ganhou um título nos últimos três anos

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Apesar de não ter conquistado títulos em 2018 e com isso terminado apenas no 29º lugar do ranking, a russa Maria Sharapova garante que continua motivada com a carreira e que aposentadoria nem passa por sua cabeça no momento.

"Continuo amando este esporte, e cada dia me esforço para melhorar. Assim, uma retirada nem passa pela minha cabeça", afirma a ex-líder do ranking, hoje com 31 anos, em entrevista a Sport 24. "É uma sensação muito boa quando você faz algo em que se dá tão bem. Sou ruim em outros esportes e por isso o tênis me apaixona. Obtive muitas coisas em minha carriera, então por que não continuar?"

Sharapova garante que está motivada para 2019. "A chave para que eu continue jogando o circuito é que minha motivação segue intacta. A coisa que mais me amargou ao longo da carreira foram os problemas com o ombro. Mas, uma vez que solucionei isso, estou muito bem. O doping faz parte do passado. Admiti meu erro e paguei as consequências".

Dizendo-se muito feliz em sua profissão, a musa só vê aspectos positivos em sua carreira. "O tênis te obriga a se esforçar ao máximo para seguir evoluindo. Tive a sorte de ganhar torneios de Grand Slam e subir no ranking com idade muito jovem. Também tem sido importante ter a companhia de uma boa equipe técnica. Troquei de treinador apenas duas vezes em muitos anos", enfatizou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis