Notícias | Dia a dia
Presidente da ITF não acredita em boicote à Davis
13/12/2018 às 10h56

Haggerty se diz aberto a discutir as regras

Foto: ITF

Londres (Inglaterra) - A suposta manobra de bastidores para boicotar a regra que obriga os tenistas a jogar a Copa Davis foi desconsiderada pelo presidente da Federação Internacional, David Haggerty. Ele diz jamais ter recebido qualquer demanda dos tenistas sobre o assunto.

Existe uma regra em vigor que qualquer tenista elegível para as Olimpíadas tenham que disputar um número mínimo de partidas pela Davis. Muitos dos principais jogadores, no entanto, estão contra o novo formato e principalmente a data e a liderança de um movimento contra o regulamento olímpico estaria sob o comando de Novak Djokovic.

"Nunca recebemos qualquer pedido em relação a isso", garante Haggerty. "Ouvimos falar, mas nunca foi pedido oficialmente nada. Estamos aberto a conversar sobre o assunto. Sabemos que, com as mudanças na Davis, há novas circunstâncias e nosso Comitê está aberto a estudos".

Haggerty afirmou que gostaria de ver nomes como Roger Federer no torneio olímpico de Tóquio. "Ele pode disputar a Davis em 2019 e resolver isso, mas certamente estudaremos exceções. Gostaria demais que ele disputasse as duas competições".

Sobre as críticas de técnicos e jogadores sobre a nova Davis, o dirigente continua apostando no modelo criado: "Jamais se agrada a todos. Nosso esporte é feito de paixão e isso é o que move a Davis, então compreendo as emoções por trás do assunto. Acho que tomamos a decisão certa e de que veremos uma grande semana em Madri".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis