Notícias | Dia a dia
Gimelstob é mantido no cargo em votação da ATP
15/12/2018 às 11h19
Publicidade
Publicidade

Miami (EUA) - Um dia depois de Justin Gilmeston se declarar inocente das acusações de ter causado lesões numa briga em Los Angeles, o conselho diretor da Associação dos Tenistas (ATP) decidiu mantê-lo no cargo executivo que ocupa na entidade.

Segundo o New York Times, cinco membros da ATP com direito a voto decidiram manter o norte-americano. O comitê é composto por sete membros, entre eles o próprio Gimelstob e o presidente Chris Kermode, que não votaram.

Assim, a unanimidade veio de Gavin Forbes, Charles Humphrey Smith e Mark Webster, que representam os torneios, e David Egdes e Alex Inglot, que falam pelos jogadores.

Gimelstob teria se envolvido numa briga durante a noite de Halloween em Los Angeles e causado sérias lesões corporais, num caso investigado pela polícia local.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis