Notícias | Dia a dia
Tiriac ataca Serena e diz que multa foi branda
17/12/2018 às 09h54

Descontrole de Serena com árbitro português Carlos Ramos continua a gerar discussões

Foto: Arquivo

Bucareste (Romênia) - O agora promotor Ion Tiriac não perdeu a chance de atacar Serena Williams quando questionado sobre a confusa final do US Open deste ano, em que a norte-americana insultou o árbitro Carlos Ramos e reclamou que as tenistas recebem tratamento diferente dos homens no circuito.

“Sexismo? Serena foi multada em apenas US$ 17 mil. E pelo que fez em quadra, deveria ter sido multada muito mais!", afirmou o organizador do Masters 1000 de Madri, que também foi top 10 do ranking na década de 1970.

Ele aproveitou para defender o amigo e compatriota Ilie Nastase, que foi suspenso de todas as competições internacionais pela Federação Internacional ao atacar uma juíza durante a Fed Cup. "Nastase foi suspenso por três anos em 2017 sem sequer ser ouvido. Isso sim é sexismo. A Serena saiu bastante melhor do que deveria de toda a situação”.

Para completar sua revolta, Tiriac ironizou o fato de Serena alegar que merecia tratamento especial por ser mãe. “Ela tem de perceber que é apenas uma de quatro biliões de mães pelo mundo. Isso não lhe dá um estatuto especial”.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis