Notícias | Dia a dia
Wild e Reis receberão bolsa de US$ 25 mil da ITF
22/12/2018 às 15h08

Jovens jogadores receberão auxílio na transição para o profissional

Foto: Arquivo

Florianópolis (SC) - Dois nomes da nova geração do tênis brasileiro foram selecionados para receber uma bolsa de US$ 25 mil do Grand Slam Development Fund da ITF. Ambos com 18 anos, o paranaense Thiago Wild e o pernambucano João Lucas Reis farão parte do Grand Slam Player Grants Program no ano que vem.

A Confederação Brasileira de Tênis indicou os dois atletas, que atendiam a todos os pré-requisitos do regulamento, e trabalhou junto à entidade máxima do tênis para que os dois jovens fossem contemplados. "Fico feliz que, através dos movimentos políticos e a ótima relação institucional entre CBT e ITF, possamos trazer oportunidades para os nossos jogadores", disse Rafael Westrupp, presidente da CBT.

"Ano passado conseguimos um suporte importante para a Bia e agora conseguimos para o João e Thiago. Logicamente, eles fizeram por merecer em vários aspectos e estão de parabéns pelo ano de 2018. Torcemos para que este recurso os incentivem ainda mais em 2019", acrescentou o dirigente.

Wild finalizou 2018 no top 10 do ranking mundial juvenil e fez história como o primeiro brasileiro a vencer o título no torneio juvenil do US Open. O atleta da Tennis Route (do Rio de Janeiro) também foi campeão do future de São José do Rio Preto, vice em Curitiba e fez quartas de final no challenger de Campinas. Em novembro, ainda venceu a Maria Esther Bueno Cup em São Paulo e garantiu vaga na chave principal do Rio Open 2019.

Já Reis conquistou seu primeiro título como profissional no future de Curitiba, justamente sobre Wild, fez semi em outros dois Futures e foi campeão de duplas em outros dois. Como juvenil, o jogador do Instituto Tênis (de São Paulo) fez quartas do Banana Bowl, o mais tradicional torneio da categoria da América Latina. Em abril, ele integrou a equipe brasileira da Copa Davis, através do programa Juniors/Pro da CBT, e acompanhou de perto a rotina dos profissionais, além de treinar com os principais tenistas do país.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis