Notícias | Dia a dia
Svitolina é surpreendida em reedição da última final
02/01/2019 às 11h07

Sasnovich deu o troco contra a ucraniana em Brisbane

Foto: Arquivo

Brisbane (Austrália) - A estreia de Elina Svitolina na temporada foi também a reedição da última final no WTA Premier de Brisbane. Mas diferente do que aconteceu há pouco menos de um ano, a ucraniana foi surpreendida na Austrália pela bielorrussa Aliaksandra Sasnovich por 6/4, 0/6 e 6/3 em 1h47 de partida.

Ao derrotar a número 4 do mundo, Sasnovich conseguiu sua quarta vitória contra top 10 na carreira e a primeira sobre uma top 5. A jogadora de 24 anos e número 30 do mundo está com o melhor ranking da carreira, mas tem a missão de defender 305 pontos na semana. Garantida nas quartas, ela já assegurou 100 pontos.

A próxima adversária de Sasnovich também surpreendeu na rodada desta quarta-feira. A bielorrussa enfrenta a croata Donna Vekic, 34ª colocada, que venceu a número 9 do mundo Kiki Bertens por 7/6 (7-5), 1/6 e 7/5 em 2h22 de jogo diante da favorita holandesa.

Como Svitolina entrou diretamente nas oitavas e não venceu nenhum jogo em Brisbane, ela só recebe um ponto em uma semana com 470 a defender. Isso fará com que a ucraniana perca no mínimo duas posições e possa entrar no caminho de uma das três primeiras do ranking nas quartas de final do próximo Australian Open.

Embora Svitolina tenha liderado a contagem de aces por 11 a 3, Sasnovich fez 32 a 22 em winners, o que compensou a pequena diferença no número de erros não-forçados, 32 para a bielorrussa contra 26 da ucraniana. Cada jogadora conquistou quatro quebras na partida.

Svitolina começou o jogo com dificuldades no saque, enfrentou nove break points nos dois primeiros games de serviço até sofrer a quebra. A ucraniana chegou a buscar o empate por 3/3, mas voltaria a perder o saque e não teve novas chances de igualar a disputa. Durante a parcial de 41 minutos, Sasnovich fez 18 a 7 em winners.

O segundo set durou só 27 minutos e Svitolina só perdeu quatro pontos em seus games de serviço. Durante a parcial, a ucraniana cometeu seis erros não-forçados contra 14 de sua adversária. Já no terceiro set, Svitolina não aproveitou a única chance de quebra que teve logo no começo e perdeu o saque na sequência. Quando a rival já liderava por 5/3, a ucraniana voltou a sofrer com as devoluções de Sasnovich e sofreu a derradeira quebra de serviço.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis