Notícias | Dia a dia
Osaka garante vaga na semi e se aproxima do top 3
03/01/2019 às 11h52

Osaka precisa do título para ultrapassar Wozniacki no ranking

Foto: Arquivo

Brisbane (Austrália) - Logo na primeira semana da temporada, Naomi Osaka pode continuar fazendo história para o tênis japonês. A jovem jogadora de 21 anos e atual campeã do US Open garantiu vaga na semifinal do WTA Premier de Brisbane e precisa de mais duas vitórias para assumir o inédito terceiro lugar do ranking mundial, que seria a melhor marca de seu país entre homens e mulheres.

Número 5 do mundo, Osaka venceu nesta quinta-feira a 11ª colocada letã Anastasija Sevastova por 3/6, 6/0 e 6/4 em 1h31 de partida. A japonesa enfrenta na semifinal a ucraniana Lesia Tsurenko, jogadora de 29 anos e 27ª colocada no ranking, que marcou as parciais de 7/5 e 6/3 contra a estoniana Anett Kontaveit.

As eliminações precoces de Caroline Wozniacki em Auckland e Elina Svitolina em Brisbane abriram caminho para que Osaka dependa apenas dela para ganhar duas posições no ranking da próxima segunda-feira. É certo que a japonesa irá ultrapassar Svitolina, atual quarta colocada, mas é necessário conquistar o título em Brisbane para tomar a terceira posição de Wozniacki.

Osaka chegou a ocupar o quarto lugar do ranking durante três semanas em outubro. A posição é idêntica à marca obtida por Kimiko Date entre 13 de novembro e 31 de dezembro de 1995. No masculino, o atual número 9 do mundo Kei Nishikori chegou ao quarto lugar em março de 2015.

Em toda a história, o Japão teve apenas quatro tenistas no top 10 de simples considerando homens e mulheres. Além de Osaka, Date e Nishikori, o país ainda teve Ai Sugiyama, que entrou no grupo das dez melhores do mundo em novembro de 2003 e ocupou o oitavo lugar do ranking em fevereiro do ano seguinte.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis