Notícias | Dia a dia | Australian Open
Bellucci abre temporada com nova derrota de virada
09/01/2019 às 07h45

Bellucci deixou escapar breaks importantes no 3º set

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - O ano mudou, mas a fase do paulista Thomaz Bellucci neste começo de 2019 parece ser a mesma de 2018. Assim como aconteceu 13 vezes na temporada passada, ele abriu sua participação no qualificatório para o Australian Open, nesta quarta-feira, com mais uma derrota de virada, caindo diante do tcheco Lukas Rosol com parciais de 2/6, 6/3 e 6/4.

Atual 226 do mundo, o canhoto de Tietê mostrou firmeza no primeiro set da partida, aproveitou dois dos três break-points que teve a seu favor e salvou os dois que enfrentou contra. Contudo, ele não manteve o ritmo até o fim e permitiu a reação do cabeça de chave 31 e atual 144 do mundo.

Rosol equilibrou o jogo e levou as duas parciais seguintes no detalhe. Na segunda, ele tratou de frear o embalo do paulista ao anotar uma quebra logo no segundo game, abrindo 3/0 de cara. Depois disso, bastou ao tcheco administrar a vantagem até o fim, perdendo ainda um break no sexto game.

O começo do terceiro set foi decisivo para o resultado final da partida. Bellucci perdeu o saque logo no game inicial, teve três chances de devolver a quebra no segundo e mais duas no quarto, não concretizando uma delas sequer. O brasileiro não teve outras chances no restante da disputa e acabou mesmo amargando a eliminação.

Embora tenha saído de quadra derrotado, o paulista obteve números melhores que o adversário. Bellucci colocou mais primeiras bolas em quadra (71% a 66%), conquistou mais winners (28 a 25), cometeu menos erros não forçados (1 a 4) e ainda faturou um ponto a mais no geral (86 a 85). Ele também teve 100% de aproveitamento junto à rede, faturando os seis pontos em que subiu.

Agora, o único representante entre os homens ainda vivo no classificatório para o primeiro Grand Slam da temporada é o cearense Thiago Monteiro, já que também foram derrotados o gaúcho Ghuilherme Clezar e o paulista Rogério Silva. Entre as mulheres, a paulista Beatriz Haddas Maia também continua na disputa.

Os dois sobreviventes voltarão às quadras na noite desta quarta-feira. Monteiro irá desafiar o francês Gregoire Barrere por volta das 22h30 (horário de Brasília). Neste mesmo horário, Bia medirá forças com a eslovena Kaja Juvan.

Comentários