Notícias | Dia a dia | Australian Open
Sorteio do AO coloca Nadal e Federer do mesmo lado
10/01/2019 às 06h44

Último duelo entre Nadal e Federer no torneio foi a final de 2017

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - Realizado nesta quinta-feira, o sorteio da chave do Australian Open colocou o suíço Roger Federer no mesmo lado da chave do espanhol Rafael Nadal, com eles podendo se cruzar em uma eventual semifinal.

Atual campeão, o tenista da Basileia pegou um começo de campeonato teoricamente tranquilo, enfrentando adversários que não assustam tanto. O primeiro deles será o uzbeque Denis Istomin, de 32 anos e atual 99 do mundo, contra quem jogou seis vezes e venceu todas.

Passando pela estreia, o próximo obstáculo no caminho de Federer será o vencedor de duelo entre dois tenistas vindos do classificatório. Na terceira rodada, quando já pode cruzar com um dos cabeças de chave, o maior desafio deve ser o francês Gael Monfils, 30º pré-classificado.

Outros que podem surgir no lugar no francês de 32 anos, que tem quatro vitórias em 13 jogos contra o suíço, são o bósnio Damir Dzumhur, o britânico Cameron Norrie e o norte-americano Taylor Fritz.

Nas oitavas, os possíveis cruzamentos apontam para dois rivais mais duros e que vêm de boa temporada: o jovem grego Stefanos Tsitsipas e o georgiano Nikoloz Basilashvili. Já em uma eventual partida de quartas de final o nível dos oponentes fica bem mais complicado.

Um dos que podem surgir é o croata Marin Cilic, sexto mais bem cotado, que pegou uma estreia difícil contra o local Bernard Tomic. Também estão no mesmo quadrante do campeão do US Open de 2014 os espanhóis Fernando Verdasco e Roberto Bautista, o britânico Andy Murray e o russo Karen Khachanov.

O caminho de Nadal parece não ser muito diferente em relação à dificuldade, começando com um aparente duelo tranquilo diante do convidado da casa James Duckworth e só começando a complicar a partir das oitavas.

Na segunda fase, o vice-líder da ATP cruza com o vencedor do embate entre o australiano Matthew Ebden e o alemão Jan-Lennard Struff, e o terceiro jogo tem tudo para ser contra mais um atleta da casa, o jovem Alex de Minaur, de 19 anos e 27º favorito na competição.

Entre os oponentes que podem aparecer nas oitavas do canhoto de Mallorca, dois dos mais perigosos medem forças logo na estreia: o britânico Kyle Edmund, cabeça de chave 13, e o experiente Tomas Berdych. Correndo por fora está o argentino Diego Schwartzman.

O sul-africano Kevin Anderson, que bateu o espanhol na exibição de Abu Dhabi, é o favorito para reencontrá-lo nas quartas, mas para isso terá que sair vivo de um quadrante que tem também o búlgaro Grigor Dimitrov e o norte-americano John Isner, podendo encarar um deles nas oitavas.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series