Notícias | Dia a dia
Alemães decepcionam e param na semi em Auckland
11/01/2019 às 08h33

Convidado da organização, o britânico Norrie terá como adversário na final o norte-americano Sandgren

Foto: Divulgação

Auckland (Nova Zelândia) - A sexta-feira não foi nada boa para os alemães no ATP 250 de Auckland, que acabaram sendo derrotados nas duas semifinais do dia. O primeiro a se despedir foi Philipp Kohlschreiber, que não resistiu ao norte-americano Tennys Sandgren e caiu em sets diretos, com o placar final de 6/4 e 6/2, após 1h11 de jogo.

Na sequência, o britânico Cameron Norrie continuou aproveitando o convite dado pela organização e venceu mais uma, desta vez derrubando o alemão Jan-Lennard Struff em partida de três sets, definida com parciais de 7/5, 4/6 e 6/3, em duelo com 1h54 de duração.

Será a primeira vez que os dois finalistas medirão forças em uma chave principal de ATP, embora já tenham se cruzado outras seis vezes em torneios menores (challengers e futures). Norrie tem ampla vantagem no histórico com Sandgren, venceu as últimas três e soma quatro triunfos, contra apenas duas derrotas, a mais recente em 2016.

Embora o britânico de 23 anos e atual 93 do mundo leve a melhor no histórico entre eles, Sandgren é o único dos dois que já jogou uma final deste nível. Atual 63 do mundo, o norte-americano de 27 anos acabou ficando com o vice-campeonato do ATP 250 de Houston do ano passado.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis