Notícias | Dia a dia | Australian Open
Wozniacki destaca rapidez contra variações da rival
14/01/2019 às 15h22

Wozniacki enfrentou rival que usava muitos slices e drop shots

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Depois de vencer sua partida de estreia no Australian Open e começar bem a defesa do título conquistado no ano passado, Caroline Wozniacki destacou sua velocidade como principal característica para vencer o duelo contra a belga Alison Van Uytvanck. Diante de uma adversária que varia bastante o jogo, com drop shots e slices, a dinamarquesa teve que sair de sua zona de conforto no fundo de quadra e foi muitas vezes à rede desde os primeiros games.

Eu sei que sou rápida. Ela me surpreendeu no começo com alguns drop shots, especialmente quando ela estava bem atrás da linha de base e eu não estava esperando por isso. Então fiquei mais alerta", disse Wozniacki após a vitória por 6/3 e 6/4 nesta segunda-feira. "Alguns vinham muito próximos da rede e eu não sabia nem no que pensar enquanto corria. Quando eu conseguia chegar na bola e batia bem, eu me cumprimentava por isso".

Sinto que hoje tivemos muitos ralis longos. Senti que joguei bem e saquei bem. Ela também sacou bem, especialmente no segundo set. Fico feliz por ter conseguido a vitória. Não foi fácil", comenta a dinamarquesa, que não teve o serviço quebrado na estreia em Melbourne. "Acho que ela jogou muito bem. Já joguei com ela em Roma e senti que os ralis não foram tão longos como os de hoje. Era mais um winner ou um erro".

Atual campeã em Melbourne, Wozniacki fez seis dos sete jogos da campanha para o título do ano passado na Rod Laver Arena, mesmo palco de sua estreia em 2019. Até por isso, a dinamarquesa pôde falar com propriedade sobre as condições da quadra principal do Grand Slam australiano.

"Eu acho que é semelhante à do ano passado. Eu achei muito parecida. Eu acho que conforme o torneio progredir, o piso que vai ficar um pouco mais rápido. A quadra do estádio é sempre um pouco mais lenta que as quadras externas. Mas eu gostei das condições, fui bem no ano passado e não tenho nada a reclamar".

O próximo jogo de Wozniacki será contra a sueca Johanna Larsson, 77ª do ranking. Ainda que a dinamarquesa de 28 anos conheça a adversária de 30 anos desde os tempos de juvenil, as duas jamais se enfrentaram pelo circuito da WTA. "Eu não jogo contra ela há muito tempo. Na verdade, eu não sei se já jogamos pelo circuito antes. Não tenho certeza. Se já jogamos, já faz muito tempo. Mas eu obviamente a conheço há anos e anos. Estou animada para outro jogo e espero que seja bom".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series