Notícias | Dia a dia | Australian Open
Osaka vence a primeira em menos de uma hora
15/01/2019 às 10h01

Osaka pode terminar o Australian Open como número 1 do mundo

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Durou apenas 58 minutos o jogo de estreia de Naomi Osaka no Australian Open. Com uma atuação bastante consistente, a número 4 do mundo iniciou a busca por seu segundo título de Grand Slam vencendo a 80ª colocada polonesa Magda Linette por 6/4 e 6/2.

Primeira japonesa a conquistar um título de Slam no último US Open, Osaka já repetiu os melhores rankings da história do Japão, obtidos por Kei Nishikori em 2015 e Kimiko Date em 1995. Caso ganhe mais uma posição, a jovem jogadora de 21 anos pode se tornar a primeira tenista de seu país a figurar no top 3 do ranking mundial de simples, considerando homens e mulheres. A japonesa foi às oitavas no ano passado e tem 240 pontos a defender, contra 2 mil de Caroline Wozniacki, 1.300 de Simona Halep e 780 de Angelique Kerber.

Osaka começou o Australian Open como uma das onze candidatas à liderança do ranking após o torneio. Esse número de concorrentes já caiu para oito nesta terça-feira, depois que a atual número 1 Simona Halep estreou com vitória em Melbourne. Para ter chances de ultrapassar a romena, Osaka precisa no mínimo chegar às quartas de final.

A próxima adversária de Osaka em Melbourne será a jovem eslovena de 21 anos e 78ª do ranking Tamara Zidansek, que marcou a primeira vitória da carreira em Grand Slam ao superar 7/5 e 6/3 contra a australiana Daria Gavrilova, 41ª colocada. O duelo entre Osaka e Zidansek é inédito no circuito profissional.

Durante a rápida apresentação desta terça-feira, Osaka liderou com folga a estatística de winners por 30 a 10. Ela também cometeu apenas 16 erros não-forçados, um a menos que sua adversária. A japonesa criou oito oportunidades de quebra e aproveitou quatro dessas chances, duas em cada set, enquanto Linette quebrou apenas uma vez, na única chance que teve ainda no set inicial.

Comentários