Notícias | Dia a dia | Australian Open
Firme no saque, Nadal vence mais uma na Austrália
16/01/2019 às 10h03

Nadal não teve o serviço quebrado na partida desta quarta-feira

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Com mais uma boa atuação em Melbourne, Rafael Nadal marcou sua segunda vitória no Australian Open. Novamente, ele encarou um anfitrião em Melbourne e saiu de quadra sem perder sets. Nesta quarta-feira, Nadal passou pelo 48º do ranking Matthew Ebden com as parciais de 6/3, 6/2 e 6/2 em 1h55 de partida. O espanhol não sofreu quebras de serviço, o que é bastante animador para um jogador que está mudando sua mecânica de saque.

Esta foi a vitória de número 57 para Nadal em 14 participações no Australian Open. Campeão em 2009 e vice em outras três oportunidades, o espanhol ultrapassou Stefan Edberg e se tornou o terceiro jogador com maior número de vitórias no torneio. O recordista é Roger Federer, com 96 vitórias, seguido por Novak Djokovic que venceu 62 jogos em Melbourne.

Número 2 do mundo, Nadal é o único jogador que ainda pode tirar Novak Djokovic da liderança do ranking após o Australian Open. Para isso, o espanhol de 32 anos precisa ser campeão em Melbourne e ainda torcer por uma eliminação do sérvio antes das oitavas de final. Lembrando que Nadal e Djokovic só podem se encontrar em uma possível final.

Na terceira rodada, Nadal enfrentará mais um jogador da casa. O próximo adversário do espanhol será o jovem australiano de 19 anos e número 29 do mundo Alex De Minaur, que está embalado pela conquista de seu primeiro título de ATP em Sydney e venceu um duelo de cinco sets contra o suíço Henri Laaksonen, jogador de 26 anos e 166º colocado no ranking mundial, por 6/4, 6/2, 6/7(7-9), 4/6 e 6/3.

Nadal não teve o serviço quebrado na partida desta quarta-feira e enfrentou apenas quatro break points, três deles no primeiro set. O espanhol venceu 80% dos pontos jogados quando colocou o primeiro serviço em quadra e cedeu apenas 18 pontos em seus games de serviço. Ao todo, foram cinco quebras conquistadas pelo vice-líder do ranking, sendo uma no primeiro set e duas em cada uma das parciais seguintes. O canhoto de Mallorca liderou nos winners por 33 a 23 e cometeu apenas 15 erros não-forçados contra 30 de seu adversário.

O set inicial foi o mais equilibrado da partida, que começou com domínio dos sacadores e games curtos. Ebden mostrava uma tática agressiva e tinha bom desempenho nas subidas à rede, vencendo seis pontos em sete possíveis durante a parcial. O australiano foi o primeiro a ter chances de quebra, mas não aproveitou nenhum dos três break points que teve no sétimo game. Logo na sequência, Nadal conquistou uma decisiva quebra para o set. Em uma parcial com 12 a 11 em winners para o número 2 do mundo, fez diferença o fato de o espanhol cometer apenas três erros contra nove do rival.

A segunda parcial foi muito tranquila para Nadal, que perdeu apenas três pontos em seus games de serviço e venceu metade dos 24 pontos jogados no saque de seu adversário. Firme do fundo de quadra, o espanhol só cometeu cinco erros contra 12 do jogador da casa. Já no terceiro set, o vice-líder do ranking vinha pressionando constantemente o saque de seu adversário, conquistou duas quebras e ainda teve outros dois break points em um dos games confirmados por Ebden. Sacando para o jogo, o espanhol ainda evitou uma chance de quebra antes de definir a vitória.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series