Notícias | Dia a dia | Australian Open
Raonic vira sobre Wawrinka em quatro tiebreaks
17/01/2019 às 04h39

Raonic terminou o jogo com 39 aces

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - Um dos confrontos mais aguardados desta quinta-feira no Australian Open não decepcionou. Parelho do começo ao fim, o embate entre o canadense Milos Raonic e o suíço Stan Wawrinka foi decidido no detalhe e acabou com a vitória do cabeça de chave 16, que saiu perdendo e buscou a apertada virada de 6/7 (4-7), 7/6 (8-6), 7/6 (13-11) e 7/6 (7-5), após 4h01.

Na terceira rodada, o canadense enfrentará o francês Pierre-Hugues Herbert, que eliminou o sul-coreano Hyeon Chung, 24º pré-classificado e semifinalista do ano passado, ao triunfar por 3 sets a 1, com placar final de 6/2, 1/6, 6/2 e 6/4. Será a primeira vez que eles vão se cruzar no circuito.

O primeiro set deu mostras do equilíbrio que marcaria a partida inteira, sempre com os sacadores prevalecendo. Sem quebras para ambos os lados, com Wawrinka salvando quatro break-points em dois games distintos. A definição foi para o primeiro dos tiebreaks. Raonic foi o primeiro a ter um minibreak na disputa, mas perdeu os dois pontos seguintes com o serviço e acabou saindo atrás no placar.

Raonic chegou a liderar a segunda parcial por 4/2, mas viu o suíço devolver o break de diferença e mais uma vez a definição foi para o desempate. O canadense teve uma vantagem inicial, marcou 2-0, mas a perdeu logo em seguida. Após desperdiçar um set-point devolvendo, ele teve uma chance de fechar com o saque e não a deixou passar, empatando assim a partida.

A chuva foi a única diferença no terceiro set, uma vez que a paridade entre os dois rivais se manteve a mesma. Por causa dela, o teto foi fechado no 4/4, quando Raonic sacava em 40-30. Mais uma vez sem quebras, os dois foram para o tiebreak, em que um erro não forçado de Wawrinka com o forehand quando sacava em 11-11 lhe custou caro, já que cedeu o set-point ao rival com o saque e sucumbiu no ponto seguinte.

Wawrinka deixou escapar a chance de vencer a quarta parcial e levar a definição para a quinta, uma vez que abriu 5/2 e sacou em depois em 5/3 para fechar. Num game ruim de saque ele perdeu o break de frente que tinha e no desempate novamente se deu mal, vendo Raonic comemorar a suada vitória de virada. Ele terminou o jogo com 39 aces contra 28 do suíço, anotou mais bolas vencedoras (84 a 66) e também cometeu mais erros não forçados (44 a 29).

Comentários
Faberg
Roland Garros Series