Notícias | Dia a dia | Australian Open
Halep diz que não se intimida por enfrentar Serena
19/01/2019 às 14h33

Halep fará seu décimo jogo contra Serena e busca a segunda vitória

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Líder do ranking mundial e garantida nas oitavas de final do Australian Open, Simona Halep terá mais uma oportunidade de enfrentar Serena Williams. Embora tenha apenas uma vitória em nove jogos diante de Serena, a romena de 27 anos diz que já não se intimida tanto com a rival norte-americana como ocorria nos primeiros confrontos entre elas.

"Isso acontecia quando eu era mais jovem, mas agora não me sinto mais intimidada", disse Halep, que conseguiu sua única vitória contra Serena ainda em 2014. "Eu tenho um enorme respeito por ela, porque ela é uma grande campeã, mas hoje ela é apenas uma adversária da próxima rodada".

Embora a presença de Serena, atual 16ª no ranking mundial, já não desperte tanta intimidação como outrora, Halep fez questão de enaltecer a carreira vitoriosa de sua própria adversária e diz que a vencedora de 23 títulos de Grand Slam e a melhor jogadora do mundo. "Na minha opinião, ser a número 1 do mundo e ser a melhor jogadora do mundo são coisas diferentes".

"Neste momento, eu sou a número 1 do mundo, mas com certeza ela é a melhor jogadora do mundo porque ganhou muitos títulos de Grand Slam e ficou muito tempo primeiro lugar", comenta a romena, que tem 64 semanas na liderança do ranking contra 332 de Serena. "Não posso comparar meus resultados com os dela. Mas neste momento, estou confiante por estar na primeira posição do ranking".

Apesar do histórico negativo, Halep diz gostar de enfrentar Serena e que sempre sai de quadra como uma jogadora melhor que entrou. "Eu só a venci uma vez na minha vida, então não posso falar muito sobre isso. Só que vai ser um grande desafio para mim. É sempre bom jogar contra a Serena, porque toda vez que eu tenho que aprender alguma coisa".

"Já joguei muitas vezes contra ela. Nós tivemos partidas difíceis. Então vai ser um grande jogo para mim. Eu não vou me pressionar. Há uma boa chance de eu jogar meu melhor tênis e me sentir bem em quadra", complementa a atual vice-campeã do Grand Slam australiano.

Halep chegará para o duelo com Serena confiante depois de ter vencido Venus Williams neste sábado por 6/3 e 6/2. "Eu pensei sobre um jogo que fizemos em Montreal. Sei que ela estava machucada naquela época, mas eu sabia que teria que jogar tênis similar, ser rápida e ficar bem perto da linha de base, o que eu fiz muito bem hoje".

"Também precisava sacar bem, porque ela as devoluções dela são muito fortes e ela pega muito rápido na bola. Acho que joguei de forma inteligente, agressiva, e também mudei muito dela, então acho que é por isso que eu pude vencer o jogo", avalia a romena, que agora tem três vitórias e três derrotas contra Venus no circuito.

A romena tenta se tornar a nona jogadora a vencer as duas irmãs Williams no mesmo torneio, sendo que a última foi a tcheca Karolina Pliskova na campanha para o vice-campeonato do US Open em 2016. De olho na próxima partida, a líder do ranking espera manter uma postura parecida em quadra com a que foi mostrada neste sábado. "Acho que tenho que jogar de forma semelhante, se eu puder. Eu tenho que ser esperta, agressiva, tenho que movê-la e dar o meu melhor. Eu não vou pensar mmuito super sobre isso, porque não há nada para pensar. Basta jogar de forma natural e com confiança".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series