Notícias | Dia a dia | Australian Open
Tiafoe mostra firmeza, bate Dimitrov e espera Nadal
20/01/2019 às 04h02

Tiafoe faz sua melhor campanha em Grand Slam

Foto: Luke Hemer/Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - Pela primeira vez nas oitavas de final em um Grand Slam, o norte-americano Frances Tiafoe não sentiu o peso da partida deste domingo contra o búlgaro Grigor Dimitrov, mostrou um tênis impecável, comemorando seu 21º aniversário com uma vitória sobre o cabeça de chave 20 por 3 sets a 1, com apertados 7/5, 7/6 (8-6), 6/7 (1-7) e 7/5, após 3h39 de duelo.

O próximo obstáculo no caminho de Tiafoe tem tudo para ser ainda maior, já que deve encarar o espanhol Rafael Nadal nas quartas de final. Para que isso aconteça, o canhoto de Mallorca precisará antes confirmar o favoritismo para cima do tcheco Tomas Berdych. O norte-americano nunca enfrentou o atual número 2 do mundo e bateu Berdych na única vez que se cruzaram.

Tiafoe havia vencido apenas uma das últimas seis partidas que fizera contra rivais do top 30, batendo o sul-africano Kevin Anderson na segunda rodada deste Australian Open. Agora, ele soma três vitórias e oito derrotas contra oponentes deste nível em Slam, sendo que no geral ele tem 12 triunfos em 37 confrontos. 

Disputado ponto a ponto, o duelo entre o norte-americano e o búlgaro se resolveu em algumas bolas decisivas. No primeiro set, Dimitrov perdeu diversos break-points, foram quatro no quarto game e mais três no oitavo, só conseguindo a quebra no 10º, na oitava chance que teve. Só que do outro lado, Tiafoe anotou dois dos três breaks que conseguiu e assim largou na frente.

A segunda parcial foi ainda mais parelha e só foi definida no desempate e caiu para o lado do aniversariante, que ganhou de presente três set-points desperdiçados pelo rival. A terceira seguiu no mesmo rumo, só que desta vez Dimitrov não deixou escapar as chances e na primeira que teve fechou o set e adiou a derrota.

Vivendo momentos de dúvidas quando ao físico no fim do terceiro, pedindo dois curtos atendimentos médicos, Tiafoe manteve o pique no quarto set e novamente foi preciso nos momentos importantes. Ele salvou os três break-points que encarou contra e aproveitou um dos três a seu favor, que foi o suficiente para levá-lo à vitória.

Comentários