Notícias | Dia a dia | Australian Open
Nadal diz que não esperava vitória tão elástica
20/01/2019 às 11h24

Nadal cedeu apenas um game nos dois primeiros sets contra Berdych

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Depois de mais uma vitória em sets diretos neste Austrálian Open, Rafael Nadal diz ter ficado surpreso com o placar elástico das duas primeiras parciais do duelo contra Tomas Berdych. Embora o retrospecto entre eles seja agora de vinte vitórias espanholas contra apenas quatro triunfos tchecos, o número 2 do mundo sente que o rival não esteve em seus melhores dias e diz que o equilibrado terceiro set faz mais jus ao nível que esperava para o duelo pleas oitavas de final.

"Ele teve um desses dias em que em seu jogo não encaixa", disse Nadal, após a vitória por 6/0, 6/1 e 7/6 (7-4) em 2h04 de partida. "Eu esperava no terceiro set que ele iria me pressionar e ter suas chances. Ele teve até um set point. Aquele foi um set muito mais real que os dois primeiros, e estou muito feliz de estar nas quartas de final novamente".

Nadal ainda não perdeu sets no primeiro Grand Slam da temporada e faz uma ótima campanha, ainda mais depois de um longo período longe das competições. O espanhol ficou sem jogar desde o US Open, em setembro, por conta de lesões no joelho direito e na coxa esquerda, além de sentir dores abdominais e de realizar uma cirurgia para retirada de cisto no tornozelo esquerdo. Com isso, acabou desistindo dos torneios asiáticos em Pequim e Xangai, do Masters 1000 de Paris e do ATP Finals do ano passado, e do ATP de Brisbane na primeira semana do ano.

"Fiz bons jogos até essa rodada e agora é o momento de continuar avançando", avaliou o espanhol sobre seu retorno às quadras. "Eu sempre digo o mesmo quando estou voltando de lesões, nunca espero nada. Eu só tento fazer o meu trabalho e estar com a atitude certa a cada dia. Quando você está de volta, você precisa de um pouco de sorte no começo, porque as primeiras partidas são importantes, e eu ganhei. Agora estamos nas quartas e vamos ver o que acontece".

O espanhol chegou a Melbourne apresentando uma novidade em seu estilo de jogo. Mesmo aos 32 anos, Nadal fez mudanças em sua mecânica de saque e sofreu apenas duas quebras de serviço até agora no torneio. "Nós mudamos poucas coisas, mas nada drástico. Ainda bem que tive algum tempo para trabalhar com isso. Estou feliz com a forma como o saque está funcionando durante o primeiro torneio oficial que estou jogando", avaliou o espanhol. "Sempre tento melhorar meu jogo e converso com a equipe os aspectos que podemos continuar melhorando. Nós tentamos fazer isso acontecer".

Em busca de sua trigésima semifinal de Grand Slam na carreira, Nadal enfrentará o jovem norte-americano de 20 anos e 39º do ranking Frances Tiafoe, que nunca havia chegado tão longe em um torneio deste tamanho. Apesar de nunca ter enfrentado Tiafoe no circuito, o espanhol sabe bem o que esperar. "Frances já está no circuito há algum um tempo. Quando você tem jogadores mais jovens vindo, eles sempre têm mais atenção", comenta o espanhol. "Ele tem tudo, é rápido, saca bem e tem um forehand muito rápido. É um jogador muito dinâmico e agressivo. Claro, ele é perigoso e ganhou grandes partidas durante todo o torneio. Vai ser um jogo difícil".

Comentários