Notícias | Copa Davis
Bélgica terá time pouco experiente contra o Brasil
22/01/2019 às 09h05

Arthur De Greef, 199º do ranking, será o principal jogador belga

Foto: Paul Zimmer/ITF

Bruxelas (Bélgica) - Adversária do Brasil pelo qualificatório da Copa Davis, a Bélgica terá um time com pouca experiência na competição para o confronto que acontece nos dias 1 e 2 de fevereiro, na cidade mineira de Uberlândia, em quadra de saibro no Ginásio Sabiazinho. Entre os quatro jogadores escalados pelo capitão Johan Van Herck, dois nunca jogaram partidas de simples na Davis.

Sem poder contar com o ex-top 10 David Goffin e com nomes experientes como Steve Darcis e o canhoto Ruben Bemelmans, o principal jogador da Bélgica em Uberlândia será Arthur De Greef. Atual 199º do ranking aos 26 anos, De Greef disputou apenas uma partida de simples pela Copa Davis em sua carreira e perdeu para o alemão Alexander Zverev em 2017.

O segundo mais bem colocado no ranking entre os selecionados belgas é Kimmer Coppejans, 214º colocado. O jogador de 24 anos tem três partidas de simples pela Copa Davis no currículo e venceu apenas uma, contra o canadense Frank Dancevic, no quinto jogo de um confronto em que os belgas venceram por 5 a 0.

Além desses dois nomes, foram convocados Sander Gille e Joran Vliegen. Atuais números 80 a 81 no ranking de duplas, eles tiveram apenas uma participação na Copa Davis e perderam quando jogaram juntos contra Ryan Harrison e Jack Sock em confronto diante dos Estados Unidos no ano passado. Aos 28 anos, Gille é 575º colocado em simples, enquanto Vliegen tem 25 anos e está atualmente sem ranking.

Os nomes da equipe brasileira já são conhecidos desde dezembro. O capitão João Zwetsch conta com o cearense Thiago Monteiro (126º) e o paulista Rogério Dutra Silva (136º), e terá a forte dupla composta pelos mineiros Bruno Soares (7º) e Marcelo Melo (9º), além do paranaense de 18 anos Thiago Wild (449º).

Comentários
Faberg
Roland Garros Series