Notícias | Dia a dia | Australian Open
Pliskova vence jogo perdido e elimina Serena do AO
23/01/2019 às 02h29

Pliskova salvou 4 match-points no terceiro set

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - A última das partidas de quartas de final da chave feminina deste Australian Open foi provavelmente aquela que teve mais reviravoltas. A tcheca Karolina Pliskova começou muito firme e venceu o primeiro set, mas então a norte-americana Serena Williams reagiu, levou o segundo e teve enorme vantagem no terceiro, quando torceu o tornozelo e tudo mudou.

Pliskova aproveitou o problema com a adversária para vencer seguidamente os seis games que precisava e derrubou a ex-número 1 do mundo com parciais de 6/4, 4/6 e 7/5, depois de 2h10 de batalha. Classificada para as semifinais, a tcheca terá agora pela frente a japonesa Naomi Osaka, contra quem jogou três vezes e venceu duas.

Com a classificação para a semifinal, a tcheca não apenas mantém viva sua chance de retomar a liderança do ranking, disputando a ponta com Osaka e a compatriota Petra Kvitova, mas principalmente segue sonhando com o inédito título de Grand Slam. Seu melhor resultado até então é o vice-campeonato do US Open em 2016.

O primeiro set teve uma Pliskova cometendo poucos erros e muito firme em quadra, principalmente com o saque, vencendo 78% dos pontos disputados. A tcheca não cedeu um break-point sequer para Serena e teve cinco chances de quebra a seu favor, aproveitou logo a primeira, no terceiro game, e pode até desperdiçar as quatro que teve no quinto, que mesmo assim saiu com a vitória.

Serena pouco a pouco foi entrando no ritmo e dando cada vez mais trabalho à rival. Mesmo assim, a norte-americana saiu atrás na segunda parcial, levando uma quebra no quinto game. Porém, a resposta foi imediata e ela deixou tudo igual na sequência. A ex-número 1 do mundo cresceu na reta final, bateu o saque da adversária no 10º e último game, empatando assim a partida.

Mantendo o embalo, a caçula das irmãs Williams obteve a primeira quebra do terceiro set no quarto game, repetiu o feito no sexto e foi sacar em 5/1 para fechar. Então veio o drama para a norte-americana, que cometeu um foot-fault no match-point e torceu o tornozelo logo em seguida, em um lance que mudaria os rumos da partida.

O domínio de Serena foi por água abaixo com o incômodo no tornozelo, sua movimentação e seu saque ficaram comprometidos e a confortável vantagem de 5/1, com duas quebras de frente se esvaiu. Pliskova venceu os seis games seguintes, salvando quatro match-points no processo, e acabou conquistando sua segunda vitória em quatro duelos com a ex-número 1.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series