Notícias | Dia a dia
Português vence challenger, viaja e avança em Miami
20/03/2023 às 20h05

Nuno Borges foi campeão do challenger de Phoenix no domingo e venceu em Miami nesta segunda-feira

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - O português Nuno Borges viveu 24 horas bastante agitadas, mas com bons resultados. Ele conquistou no último domingo o título do challenger de Phoenix. Na sequência, atravessou os Estados Unidos do Oeste ao Leste para estrear com vitória no quali do Masters 1000 de Miami.

Borges vinha de cinco vitórias seguidas em Phoenix, tendo passado por Diego Schwartzman, Roman Safiullin, Alexei Popyrin, Jan-Lennard Struff e Alexander Shevchenko. Na final, marcou as parciais de 4/6, 6/2 e 6/1. Com os 175 pontos, saltou do 80º para o 68º lugar do ranking. O challenger no Arizona ainda teve outros bons nomes como Matteo Berrettini e Gael Monfils.

"Estou muito feliz e orgulhoso. Não sei se vou conseguir dormir esta noite", disse Borges ao site da ATP depois de ter vencido o challenger. "As minhas expectativas eram baixas com uma primeira rodada tão difícil. Mas continuei lutando a cada partida".

Já em Miami, o português venceu o norte-americano Steve Johnson por duplo 6/4 na tarde desta segunda-feira. Em busca de uma vaga na chave principal do segundo Masters 1000 da temporada, ele pode enfretar o norte-americano Brandon Holt ou o croata Borna Gojo.

O tenista falou ao jornalista português José Morgado que precisou levantar às 6h da manhã (horário local) em Phoenix para encarar um voo com quatro horas de duração até Miami e se preparar para a partida. "Brinquei com o João Sousa no início da semana que isso poderia ser um 'problema bom'. É incrível".

Por outro lado, Shevchenko amargou duas derrotas no mesmo intervalo de tempo. Depois de ter perdido a final do challenger, ele viajou para Miami e foi superado pelo chileno Alejandro Tabilo por 4/6, 6/1 e 6/4. Tabilo terá um duelo chileno contra Cristian Garin por vaga na chave.

Comentários