Notícias | Dia a dia
Rogerinho perde na Argentina e segue para o Rio Open
11/02/2019 às 20h14

Rogerinho repete o desempenho do ano passado em Buenos Aires

Foto: Arquivo

Buenos Aires (Argentina) - Depois de passar por um qualificatório com duas rodadas, Rogério Dutra Silva foi eliminado ainda na primeira rodada da chave principal do ATP 250 de Buenos Aires. O experiente paulista de 35 anos, número 2 do Brasil e 138º do ranking, perdeu por 6/3 e 6/4 para o canhoto espanhol Albert Ramos, 96º colocado, em 1h33 de partida.

Esta foi a quarta vitória de Ramos nos quatro duelos entre os dois jogadores. Com o resultado, Rogerinho repete o desempenho que teve no ano passado, quando também passou pelo quali no saibro da capital argentina, mas perdeu para o anfitrião Leonardo Mayer na primeira rodada da chave principal. Dessa forma, o ex-número 63 do mundo defende os 12 pontos que tinha a descontar durante a semana do torneio.

Os próximos compromissos de Rogerinho serão em solo brasileiro. O paulista disputará o qualificatório do Rio Open no próximo fim de semana, e depois buscará uma vaga no Brasil Open em São Paulo. A temporada do experiente jogador começou com o título do challenger de Playford, no piso duro Austrália, mas depois ele caiu ainda na primeira rodada do quali do Australian Open e nas oitavas do challenger de Punta del Este, antes de perder para o belga Kimmer Coppejans em confronto pela Copa Davis na cidade mineira de Uberlândia.

No duelo entre dois jogadores que apostavam na solidez dos golpes de fundo de quadra, Ramos foi o primeiro a abrir vantagem. O espanhol conseguiu uma quebra ainda no início do jogo para liderar por 3/1, mas a reação de Rogerinho foi imediata ao devolver a quebra e vencer dois games seguidos para igualar o placar.

Com o set empatado por 3/3, o paulista teve duas chances para voltar a quebrar o serviço do espanhol. Na primeira, colocou uma boa devolução em quadra, mas a tentativa de um backhand na cruzada saiu por pouco pela lateral. Já na segunda, Ramos abriu bem quadra antes de fazer um winner de forehand. Aqueles foram os últimos break points de Rogerinho no primeiro set e as oportunidades perdidas custaram caro. Logo no game seguinte, Ramos voltou a quebrar, explorando uma subida do paulista à rede.

O segundo set teve uma sequência de cinco games muito longos e com oportunidades para ambos os lados, mas Ramos foi o único a conseguir uma quebra, na terceira chance que teve, para abrir 3/1. Rogerinho ainda salvaria outros seis break points em seu saque para impedir que o rival aumentasse a vantagem, mas Ramos ia aos poucos encontrando seu melhor ritmo de saque e oferecendo cada vez menos chances. Ainda assim, Rogerinho ainda teve dois break points no último game da partida, mas não conseguiu devolver a quebra.

Algoz de Rogerinho no torneio, Ramos está com 31 anos e já chegou a ser 17º do ranking há pouco mais de dois anos. O ex-top 20 poderá ter nas oitavas um duelo espanhol contra David Ferrer, tricampeão do torneio, que estreia contra o cabeça 8 tunisiano Malek Jaziri.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis