Notícias | Dia a dia
Wozniacki desiste em Doha e Serena será top 10
12/02/2019 às 14h14

Wozniacki sairá do grupo das dez melhores do mundo

Foto: Arquivo

Doha (Qatar) - O início de temporada de Caroline Wozniacki teve mais uma baixa. Depois de não disputar o Zonal Euro-Africano I da Fed Cup durante a semana passada e ver a Dinamarca ser rebaixada na competição, a ex-número 1 do mundo anunciou a desistência do WTA Premier de Doha.

Wozniacki justificou a ausência no torneio por conta de uma doença viral. A dinamarquesa havia recebido convite para jogar em Doha e estrearia nesta terça-feira contra a tcheca de 22 anos e vinda do quali Karolina Muchova, 132ª do ranking, e foi substituída pela lucky-loser Samantha Stosur.

Diagnosticada com artrite reumatoide em agosto do ano passado, Wozniacki tem reduzido seu calendário de competições e, ainda assim, conseguiu um título expressivo no Premier de Pequim, em outubro. Em 2019, ela disputou apenas dois torneios e fez somente cinco jogos.

A desistência também terá impacto direto no ranking, já que ela tinha 350 pontos a defender por ter sido semifinalista no ano passado. Com isso, a atual décima colocada deverá sair do grupo das dez melhores do mundo pela primeira vez desde maio de 2017 e deverá aparecer no 14º lugar.

Uma das jogadoras beneficiadas pela desitência de Wozniacki será Serena Williams. A ex-líder do ranking e vencedora de 23 títulos de Grand Slam não aparecia entre as dez primeiras desde julho de 2017, quando era a quarta colocada. Serena ficou mais de um ano sem jogar por conta da gravidez e do nascimento da filha, Alexis Olympia, em setembro de 2017 e chegou a ficar com ranking zerado. A volta ao top 10 se deu em menos de um ano, já que ela retomou a rotina no circuito em março.

Serena dependia de apenas um resultado para confirmar a volta ao top 10. Era preciso que a letã Anastasija Sevastova não fosse semifinalista em Doha. Número 12 do mundo, Sevastova perdeu ainda na estreia, superada pela russa vinda do quali Anna Blinkova por 7/6 (7-5) e 6/4 em 1h43 de jogo.

Garcia também desiste - A francesa Caroline Garcia é outra jogadora a desistir de Doha. A francesa disputou o confronto contra a Bélgica pela Fed Cup no fim de semana e enfrentaria a ucraniana Lesia Tsurenko, mas cedeu o lugar à lucky-loserLara Arruabarrena. "Eu joguei a Fed Cup na semana passada e só cheguei aqui hoje pela manhã", disse Garcia. "Quando eu me aqueci, senti dor no quadril esquerdo. Não me sentia confortável com isso e estava piorando durante o treino. Teria que jogar uma hora depois e o tempo era muito curto para fazer qualquer recuperação".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis