Notícias | Dia a dia
Jovens norte-americanos avançam no ATP de NY
12/02/2019 às 18h23

Christopher Eubanks marcou sua terceira vitória em nível ATP

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Dois nomes da nova geração do tênis masculino norte-americano estrearam com vitória no ATP 250 de Nova York. Reilly Opelka e Christopher Eubanks venceram seus jogos nesta quarta-feira e avançaram no torneio em quadras duras e cobertas.

Opelka supreeendeu o canhoto francês Adrian Mannarino, cabeça 5 do torneio e 48º do ranking, e venceu o rival de 30 anos por 2/6, 7/6 (7-5) e 6/4 em 1h57 de partida. O jovem jogador de 21 anos e número 89 do mundo está com o melhor ranking da carreira e enfrenta nas oitavas o vencedor da partida entre o também norte-americano Mackenzie McDonald e o uzbeque Denis Istomin.

Considerado uma das principais promessas do tênis masculino norte-americano, Opelka mede 2,10m, foi campeão juvenil de Wimbledon em 2015 e chegou a ser número 4 no ranking mundial da categoria. Como profissional, o jovem norte-americano comemorou sua 11ª vitória em chaves principais de ATP e acumula quatro títulos de challenger.

Já Christopher Eubanks manteve o embalo depois de passar pelo qualificatório. O norte-americano de 22 anos e 166º do ranking venceu um duelo de gerações contra o espanhol de 33 anos e 121º colocado Adrian Menendez-Maceiras por 6/4 e 7/6 (7-4). Vindo do circuito universitário, Eubanks venceu seu terceiro jogo de ATP e tem como recorde pessoal no ranking o 157º lugar. Seu próximo rival é o cabeça 7 australiano Jordan Thompson, que venceu o convidado Noah Rubin por 6/7 (7-9), 7/5 e 6/1.

Outro jovem norte-americano no torneio é Frances Tiafoe, número 29 do mundo aos 21 anos. Segundo favorito no torneio, Tiafoe entra diretamente nas oitavas e estreia contra o taiwanês de 29 anos e 143º do ranking Jason Jung, que venceu o indiano Ramkumar Ramanathan por 6/3, 3/6 e 6/1. Ainda nesta terça-feira, o espanhol Guillermo Garcia-Lopez venceu o australiano de 19 anos Alexei Popyrin por 7/6 (8-6) e 6/3 para garantir o duelo com mais um australiano, o cabeça 4 do torneio John Millman.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis