Notícias | Dia a dia
Kerber busca virada e faz semi, Svitolina confirma
14/02/2019 às 14h55

Kerber passou pela experiente tcheca Barbora Strycova nesta quinta-feira

Foto: Divulgação

Doha (Qatar) - Mais uma vez, Angelique Kerber foi bastante testada, mas conseguiu um resultado importante em Doha. Depois de precisar de oito match points para vencer Anett Kontaveit na partida de estreia, a canhota alemã garantiu vafa na semifinal depois de vencer a tcheca Barbora Strycova, 49ª do ranking, por 1/6, 6/2 e 7/6 (7-4) em 2h07 de partida.

As estatísticas da partida foram equilibrdas. Kerber liderou nos winners por 26 a 25 e terminou a partida com 42 erros não-forçados contra 45 da tcheca. Além disso, cada jogadora conquistou cinco quebras. Desigual mesmo é o retrospecto de confrontos, já que Kerber venceu a oitava partida em nove jogos contra a rival.

Ex-número 1 do mundo e atual sexta colocada, Kerber acumula 12 títulos na carreira e busca a 29ª final da carreira. A canhota alemã de 31 anos enfrenta na semifinal a belga Elise Mertens, 21ª do mundo, que venceu a holandesa Kiki Bertens por 6/4 e 6/3. A partida acontece por volta das 13h (de Brasília) desta sexta-feira. Kerber e Mertens jamais se enfrentaram.

Depois de perder um break point logo no game de abertura, Kerber não teria novas oportunidades no saque da adversária e ainda permitiu duas quebras à rival. Strycova também foi a primeira a quebrar no segundo set, mas a alemã reagiu de imediato, vencendo quatro games seguidos.

O terceiro set foi de altos e baixos. Kerber abriu 3/0 e Strycova reagiu vencendo quatro games seguidos. A tcheca, entretanto, fez um game de saque muito ruim logo depois e permitiu o empate. Com a ex-número 1 vencendo por 5/4, Strycova salvou um match point antes de confirmar o serviço. A definição ficou apenas para o tiebreak, em que a alemã venceu três pontos no saque da adversária.

Com mais tranquilidade avançou Elina Svitolina. A sétima colocada no ranking confirmou o favoritismo diante da tcheca vinda do quali e 132ª do ranking Karolina Muchova, por 6/4 e 6/2 em 1h22. Enquanto a ucraniana terminou o jogo com 15 winners e outros 15 erros não-forçados, Muchova anotou 19 bolas vencedoras, mas deu 25 pontos de graça. A cabeça 4 do torneio criou onze break points para aproveitar quatro chances e só permitiu uma quebra.

Será a primeira semifinal de Svitolina desde o título do WTA Finals, em outubro do ano passado. Vencedora de treze torneios na WTA, a ucraniana só perdeu duas finais que disputou na elite do circuito. Em busca de sua 16ª decisão na carreira, a jogadora de 24 anos enfrenta a romena Simona Halep, que venceu a alemã Julia Goerges por 7/6 (7-1) e 7/6 (8-6). Svitolina venceu quatro dos seis duelos anteriores contra a atual número 6 do mundo. O reencontro acontece às 11h30 (de Brasília) desta sexta-feira.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis