Notícias | Dia a dia
Halep vence em dois tiebreaks e se garante na semi
14/02/2019 às 18h49

Halep enfrentará Elina Svitolina nesta sexta-feira em Doha

Foto: Divulgação

Doha (Qatar) - Em um duelo marcado pelo equilíbrio, Simona Halep cresceu nos momentos decisivos e conseguiu uma vitória nos detalhes para garantir vaga na semifinal do WTA Premier de Doha. A número 3 do mundo lutou por 2h01 para vencer em dois tiebreaks a alemã de 30 anos Julia Goerges, ex-top 10 e atual 16ª do ranking, com parciais de 7/6 (7-1) e 7/6 (8-6).

A semifinal em Doha já é o melhor resultado de Halep no circuito desde o vice-campeonato de Cincinnati, em agosto do ano passado. Vencedora de 18 torneios na elite do circuito, a romena de 27 anos busca sua 34ª final e conquistou seu último troféu há seis meses, no Canadá. Sua adversária na semifinal marcada para às 11h30 (de Brasília) desta sexta-feira é a ucraniana Elina Svitolina, sétima colocada no ranking mundial. O histórico é favorável a Svitolina, que tem quatro vitórias e duas derrotas contra a ex-número 1.

O torneio no Qatar é também o primeiro que Halep disputa com seu novo treinador, Thierry Van Cleemput. Ela trabalhou durante quatro anos com o australiano Darren Cahill, mas encerrou a relação profissional no fim do ano passado, a pedido do experiente treinador que pediu para passar mais tempo com a família ao longo deste ano. No início da temporada, a romena viajou sem técncico e caiu nas estreia em Sydney e nas oitavas do Australian Open.

A partida começou com ampla superioridade para Halep, que venceu doze dos primeiros quinze pontos para abrir 3/0 com duas quebras de vantagem. A romena ainda venceu o quarto game consecutivo depois de confirmar o serviço com dificuldade. Vencendo por 4/1, a ex-líder deixou um 40-0 escapar e permitiu que Goerges devolvesse uma das quebras, mas logo depois a alemã perderia o saque de zero.

Na hora de sacar para o set, Halep teve suas duas primeiras chances de fechar a primeira parcial, mas Goerges se salvou em ambas, primeiro voleando muito bem e depois com uma ótima devolução antes de conseguir a quebra de serviço. No game seguinte, a alemã escapou de mais um set point, novamente subindo muito bem à rede e reduziu a diferença para 5/4. Em sua segunda chance de sacar para fechar, a ex-número 1 voltou a permitir a quebra, desta vez com uma dupla-falta. Mas momento mais desfavorável que enfrentou no placar, a romena não apenas confirmou o saque para forçar o tiebreak como também jogou em altíssimo nível no game-desempate. Ainda que Goerges tenha liderado nos winners por 14 a 11, foi a alemã também quem cometeu mais erros, 22 contra 15.

Goerges teve chances de quebra logo na abertura do segundo set, mas só passou à frente no terceiro game da parcial. A alemã vinha sustentando a vantagem até o momento em que liderou por 5/3, mas foi quebrada de zero no momento em que sacava para fechar a parcial e levar o jogo ao terceiro set. Halep ainda teria que escapar de mais uma chance de quebra antes de confirmar seu último game de serviço desta quinta-feira.

A romena não começou bem no segundo tiebreak e perdeu os três primeiros pontos jogados em seu saque, mas ainda assim conseguiu evitar que a rival abrisse larga vantagem graças às boas devoluções. Goerges chegou a fazer 5-2 e teve dois set points quando liderava por 6-4, mas Halep reagiu na hora certa e venceu os quatro últimos pontos da partida. No fim do jogo, Goerges teve 33 a 28 em winners, mas cometeu 41 erros não-forçados contra só 25 da ex-líder do ranking mundial.

A outra semifinal do torneio acontece por volta das 13h (de Brasília) e envolve a alemã Angelique Kerber e a belga Elise Mertens, que jamais se enfrentaram. Número 6 do mundo, Kerber venceu a tcheca Barbora Strycova por 1/6, 6/2 e 7/6 (7-4). Por sua vez, Mertens marcou 6/4 e 6/3 contra a holandesa Kiki Bertens.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis