Notícias | Dia a dia
Laura Pigossi alcança a segunda semifinal consecutiva
15/02/2019 às 15h45

Pigossi também vai bem no torneio de duplas e está na final

Foto: Arquivo

Sharm El Sheikh (Egito) - Pela segunda semana consecutiva, Laura Pigossi disputará uma semifinal no circuito. Vinda de um vice-campeoanto no saibro espanhol de Palmanova, a paulistana garantiu nesta sexta-feira um lugar na semi do ITF W15 disputado no piso duro de Sharm El Sheikh, no Egito.

Laura Pigossi venceu a russa Anastasia Pribylova, 671ª do ranking, por 4/6, 7/6 (7-4) e 6/2. Em busca de um lugar na final, que seria a 11ª em sua carreira, a paulista de 24 anos e que treina na Espanha enfrentará a cabeça 2 ucraniana Marianna Zakarlyuk, 572ª colocada. Do outro lado da chave estão a norte-americana Dasha Ivanova e a russa Anna Morgina.

Com quatro títulos profissionais de simples na carreira, Laura Pigossi venceu um torneio pela última vez em abril de 2016 na cidade paulista de São José do Rio Preto. A atual 610ª colocada no ranking da WTA tem como melhor marca o 247º lugar, alcançado em 2014.

Os torneios ITF W15 não oferecem pontos na WTA, apenas para o recém-criado ranking de profissionais da ITF, que oferecem vagas em eventos maiores. O título vale 100 pontos, com 60 para a vice-campeã e 30 para as duas jogadoras eliminadas nas semis.

A paulistana é atual 534ª colocada na lista da Federação Internacional, mas deve se aproximar das 400 melhores quando os pontos conquistados na semana passada forem computados. Já os resultados deste torneio entram daqui a duas semanas e devem fazê-la entrar no grupo das 300 melhores, com possibilidade de top 200 em caso de título.

Nas duplas, Pigossi e a russa Anna Morgina são as principais cabeças de chave e garantiram vaga na final após a vitória por duplo 6/3 sobre a belga Emily Casteleyn e a espanhola Angeles Moreno Barranquero. As adversárias na decisão são a bielorrussa Nika Shytkouskaya e a russa Anastasia Sukhotin. Segunda melhor brasileira no ranking de duplas, ao ocupar o 165º lugar, ela busca seu 33º título profissional na modalidade.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis