Notícias | Dia a dia
Wawrinka joga muito e decide contra Monfils
16/02/2019 às 19h00

Wawrinka cometeu 37 erros na partida

Foto: Arquivo

Roterdã (Holanda) - Determinado a atacar, o suíço Stan Wawrinka disparou 35 winners para garantir seu lugar na final do ATP 500 de Roterdã. Em grande partida, ele superou o japonês Kei Nishikori, por 6/2, 4/6 e 6/4.

Seu adversário deste domingo será o francês Gael Monfils, que virou em cima do russo Daniil Medvedev, por 4/6, 6/3 e 6/4, para atingir a final de Roterdã pela segunda vez na carreira. Em 2016, perdeu o título para Martin Klizan.

Wawrinka, que leva vantagem de três vitórias em cinco duelos contra Monfils, fará sua 29ª final, a primeira desde Roland Garros de 2017, e vai em busca do 17º título, outro jejum de 20 meses, desde Genebra. Ele já conquistou Roterdã em 2015.

Monfils por sua vez se vingou da derrota sofrida diante do russo há uma semana na semi de Sofia. "Joguei muito bem na parte tática e aguentei fisicamente", comemorou o francês. "A ideia era fazê-lo jogar o tempo todo, ser agressivo e misturar bem os efeitos".

Esta será a 29ª final de Monfils, que tem um retrospecto muito negativo em decisões, tendo vencido apenas sete, a mais recente delas em Doha do ano passado. Com os pontos já acumulados, ele recupera o 26º posto do ranking e subirá mais três em caso de título.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis