Notícias | Dia a dia
Campeão de Buenos Aires não passa da estreia no Rio
19/02/2019 às 19h23

Cecchinato era o terceiro favorito no Rio Open

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Campeão em Buenos Aires no fim de semana passado e cabeça de chave número 3 no Rio Open, o italiano Marco Cecchinato não conseguiu sequer passar da estreia no saibro carioca. Nesta terça-feira, ele foi superado em sets diretos pelo esloveno Aljaz Bedene, que marcou placar final de 7/5 e 7/6 (7-1).

Na segunda rodada, o algoz do atual 17 do mundo terá pela frente o vencedor do confronto entre o cearense Thiago Monteiro e o português Pedro Sousa. O esloveno de 29 anos nunca enfrentou o português no circuito e também ainda não encarou o canhoto de Fortaleza.

Quem conseguiu confirmar o favoritismo foi o português João Sousa, que precisou de três sets para o argentino Guido Pella, com 6/4, 3/6 e 6/4. O próximo adversário do quinto mais bem cotado será o quali norueguês Casper Rudd, que passou fácil pelo lucky-loser argentino Carlos Berlocq com parciais de 6/1 e 6/2.

Também vindo do quali, o boliviano Hugo Dellien anotou sua primeira vitória em ATP e pode igualar o melhor ranking, batendo o argentino Guido Andreozzi com duplo 6/4. Na próxima fase ele medirá forças com o espanhol Roberto Carballes, algoz do chileno Nicolas Jarry, contra quem anotou placar final de 6/3, 6/7 (5-7) e 7/6 (8-6).

O jovem espanhol Jaume Munar travou um duelo equilibrado com o argentino Leonardo Mayer, mas acabou vencendo em sets diretos, com 7/6 (7-5) e 6/4. Na segunda rodada, o tenista de 21 anos enfrentará o britânico Cameron Norrie, responsável pela eliminação do sérvio Dusan Lajovic com parciais de 6/2 e 6/1.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis