Notícias | Dia a dia
Desmotivado, Fognini pode pular Indian Wells e Miami
19/02/2019 às 23h48

Fognini afirmou que irá desistir da dupla contra Melo/Soares

Foto: Fotojump
Felipe Priante

Rio de Janeiro (RJ) - A derrota na estreia no Rio Open, nesta terça-feira, deixou o italiano Fabio Fognini bastante cabisbaixo e desanimado. Foi assim que o segundo mais bem cotado ao título no torneio entrou na sala das coletivas de imprensa para avaliar seu desempenho contra o promissor canadense Felix Auger Aliassime na quadra 1.

Se no ano passado Fognini disparou contra a quadra 1, mesmo vencendo, desta vez ele poupou as condições de jogo. “Não quero dar desculpas e vou falar apenas da partida. Simplesmente ele jogou melhor do que eu, tentei o que podia, lutei até o fim e ele mereceu ganhar”, resumiu o atual número 16 do mundo.

“Está me faltando um pouco o jogo, perdi uma partida muito mal na semana passada e isso me abalou um pouco. Cheguei com muita vontade, mas não consegui hoje, tive chances e não soube aproveitá-las”, acrescentou Fognini, que elogiou bastante o seu algoz. “Ele é um jogador de grande futuro, já está bem agora e tenho que aceitar o resultado”, falou o italiano.

Abatido com a série de resultados negativos, com três derrotas na estreia no saibro sul-americano, Fognini falou que irá desistir da dupla, não escondeu as saudades de casa e colocou em dúvida seus próximos compromissos no circuito.

“O tornozelo me dói um pouco. Agora vou voltar para casa para recarregar as baterias, estou procurando motivação e não sei se volto nos Masters 1000 de Indian Wells e Miami ou se só em Monte Carlo”, declarou o tenista de 31 anos, que nesta temporada soma apenas três vitórias e cinco derrotas.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis