Notícias | Dia a dia
'As coisas não funcionaram para mim', explica Thiem
20/02/2019 às 07h20

Thiem lamentou dia ruim com o saque

Foto: Fotojump
Felipe Priante

Rio de Janeiro (RJ) - Campeão de 2017 e semifinalista no ano passado, o austríaco Dominic Thiem não teve vida longa neste Rio Open. O cabeça de chave número 1 do torneio foi eliminado logo na estreia, nesta terça-feira, diante do surpreendente sérvio Laslo Djere, que derrubou o rival em sets diretos.

“Estou muito desapontado, minhas expectativas eram altas”, lamentou o oitavo melhor do mundo, que enalteceu a boa apresentação de Djere e criticou a sua própria. “Ele jogou bem e muitas coisas não funcionaram hoje para mim. Esperava ir melhor e infelizmente não alcancei o nível que deveria”, comentou Thiem.

Questionado sobre o que não deu certo em quadra, ele disse que foi um pouco de tudo. “O saque estava muito ruim, ele sempre acabava conseguindo controlar o ponto e eu não achei como machucá-lo. Fiquei correndo o tempo todo na quadra e não tive muitas coisas positivas, desde o saque até os golpes da linha de base”.

Thiem garantiu que o problema no pescoço logo nos primeiros games do embate não foi algo que o atrapalhou no decorrer da disputa. “Meu pescoço travou, chamei o fisioterapeuta, ele tratou e tudo melhorou depois de uns 20 ou 30 minutos. Não tive mais dor no decorrer da partida”, encerrou o austríaco de 25 anos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis