Notícias | Dia a dia
Alcaraz: 'Provavelmente foi minha melhor partida'
31/03/2023 às 08h59

Miami (EUA) - Com muita firmeza e solidez, o espanhol Carlos Alcaraz conquistou uma importante vitória sobre o norte-americano Taylor Fritz, batendo o tenista da casa em sets diretos para se garantir nas semifinais do Masters 1000 de Miami. Atual campeão do torneio, o número 1 do mundo saiu de quadra bastante com seu desempenho.

“Provavelmente foi minha melhor partida em todo o torneio até agora. Mas tenho jogado em um bom nível a cada partida, bastante confortável dentro de quadra. Então, estou muito feliz com o nível que estou mostrando. Acho que a devolução foi a chave desta partida. Eu arrisquei e acho que aproveitei cada chance de quebra que tive”, analisou o espanhol de 19 anos.

“Eu me senti muito bem jogando desde a linha de base, consegui ser muito sólido e agressivo ao mesmo tempo”, afirmou Alcaraz, que anotou 19 winners e apenas um erro não forçado. Nos break-points, ele converteu três dos cinco que teve a seu favor e salvou os dois que teve contra.

O desempenho com o saque, vencendo 72% dos pontos, também foi um destaque para o espanhol. “Quando comecei com Juan Carlos, todo mundo sabia que tinha que melhorar meu saque. Mas tinha problemas no abdômen, então não conseguia treinar o saque tanto quanto queria”, lembrou o atual líder do ranking.

“Mas desde que comecei a me sentir bem no abdômen e no corpo em geral, comecei a treinar um pouco mais. Sabíamos que o saque era muito importante, acho que agora tenho um bom saque, mas ainda posso melhorar muito mais”, complementou Alcaraz, que parece não se contentar com o nível atual e sempre busca algo mais.

Seu próximo adversário será o italiano Jannik Sinner, em uma repetição da semi de Indian Wells, semanas atrás. “Tento melhorar meu nível a cada partida. O nível de hoje foi muito alto, mas Sinner é um grande adversário, então tenho que jogar nesse nível ou melhor ainda. Mas nunca acho que meu nível seja suficiente para vencer um torneio”, falou o espanhol.

Alcaraz já enfrentou Sinner seis vezes, com quatro vitórias para o espanhol e duas para o italiano. “Temos um bom relacionamento fora da quadra, inclusive treinamos juntos algumas vezes. ele é um cara muito legal”, falou o número 1 do mundo, analisando sua rivalidade com Sinner.

Comentários