Notícias | Dia a dia
Wild não consegue a reação e cai na estreia no Rio
20/02/2019 às 16h56

Wild disputou apenas mais três games nesta quarta-feira

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Depois de uma interrupção por chuva na noite de terça, Thiago Wild voltou à quadra 1 do Jockey Club Brasileiro para o complemento de sua partida de estreia no Rio Open. Convidado para a disputa do ATP 500, o paranaense de 18 anos disputou mais três games e perdeu para o japonês Taro Daniel, número 73 do mundo, por 3/6, 6/3 e 6/2 em 2h08 de tempo acumulado.

Wild ainda segue em busca de sua primeira vitória em torneios ATP. Este é o terceiro torneio que ele disputa pela elite do circuito, depois de atuar em São Paulo no ano passado e no saibro argentino de Córdoba há duas semanas. Na semana que vem, ele voltará à capital paulista para jogar o Brasil Open. Ele recebeu convite para atuar no Ginásio do Ibirapuera.

Campeão juvenil do US Open no ano passado e ex-número 8 no ranking mundial da categoria, Thiago Wild três vitórias em challenger e dois títulos de future como profissional. O jovem paranaense é o atual 445º colocado no ranking da ATP e tem como recorde pessoal o 406º lugar, obtido em outubro do ano passado. Em caso de vitória, ele poderia fazer 45 pontos e debutar no grupo dos 400 melhores.

Algoz de Wild no torneio, Taro Daniel enfrentará nas oitavas de final o sérvio Laslo Djere, 90º colocado, responsável pela maior surpresa do torneio. Djere eliminou austríaco Dominic Thiem, número 8 do mundo, marcando um duplo 6/3 na última terça-feira.

A partida entre Wild e Daniel foi retomada com o japonês já liderando o terceiro set por 4/1, com duas quebras de vantagem. No rápido período de volta ao jogo, Wild até confirmou seu game de serviço com facilidade, mas só conseguiu vencer mais dois pontos no saque de seu adversário. O paranaense liderou nos aces por 9 a 5, mas aproveitou apenas um dos seis break points que teve. Já Daniel conseguiu três quebras em cinco oportunidades.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis