Notícias | Dia a dia
Medvedev é finalista em Miami e tenta o 5º Masters
31/03/2023 às 16h37

Medvedev disputará sua quinta final na temporada e espera por Sinner ou Alcaraz

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Com ótimo início de temporada, Daniil Medvedev marcou sua 28ª vitória em 31 jogos disputados em 2023. O número 5 do mundo venceu um duelo russo contra Karen Khachanov, 16º do ranking, por 7/6 (7-5), 3/6 e 6/3 em 2h15 de partida. Foi a quarta vitória de Medvedev em cinco jogos contra o compatriota no circuito.

Vencedor de 18 títulos no circuito, Medvedev disputará a 32ª final da carreira e a quarta na temporada. O jogador de 27 anos já venceu em 2023 os torneios de Roterdã, Doha e Dubai, tendo ficado com o vice em Indian Wells, há duas semanas. Ele tem quatro títulos de Masters 1000 na carreira, o mais recente no Canadá em 2021.

O adversário de Medvedev na final do próximo domingo virá da partida entre o espanhol Carlos Alcaraz, número 1 do mundo, e o italiano Jannik Sinner, 11º colocado. Ele tem uma vitória e uma derrota contra Alcaraz, seu algoz na recente final de Indian Wells, e venceu todos os cinco jogos que fez contra Sinner no circuito, um deles neste ano, na final de Roterdã.

Em sua quinta participação em Miami, Medvedev faz a melhor campanha. Até então, havia parado duas vezes nas quartas, uma nas oitavas e outra ainda na segunda rodada. O ex-número 1 vai se mantendo na atual quinta posição, podendo tomar o quarto lugar de Casper Ruud em caso de título. Por sua vez, Khachanov ultrapassou cinco concorrentes, mas deixa escapar a chance de voltar ao top 10.

O primeiro set da semifinal teve mais de uma hora de duração e uma quebra para cada lado. Medvedev escapou de um 15-40 logo de cara, e não vinha conseguindo pontuar nos primeiros games de saque de Khachanov. Ele conseguiu uma quebra no oitavo game e fez 5/3, perdeu um set-point e teve o serviço quebrado quando sacava para o set, mas definiu a parcial no tiebreak. Nas estatísticas, Medvedev tinha 14 a 12 em winners e 19 erros contra 12.

O ex-líder do ranking foi ao vestiário no intervalo entre os sets. Na volta, perdeu um pouco o ritmo e errou demais, permitindo que o rival abrisse 3/0 com 12 a 3 no total de pontos. Khachanov administrou a vantagem até o fim do set, enfrentando apenas um break-point. Ele fez 8 a 7 em winners e cometeu só 5 erros contra 8 de Medvedev.

Logo na abertura do terceiro set, Medvedev salvou um break-point, mas depois ele não teria mais o saque ameaçado na partida, confirmando de zero a maioria dos games de serviço. De seus 13 aces na partida, cinco foram no último set. Não demorou para que o ex-número 1 conseguisse uma quebra para fazer 3/1 e se manter na liderança até o fim. Cada jogador terminou a partida com 30 winners, sendo que Medvedev cometeu 31 erros contra 27.

Comentários