Notícias | Dia a dia
Kasatkina encerra trabalho de dois anos com treinador
21/02/2019 às 20h04

Kasatkina chegou ao top 10 trabalhando com o belga Philippe Dehaes

Foto: Arquivo

Moscou (Rússia) - Depois de não conseguir repetir neste começo de temporada os bons resultados dos dois últimos anos, Daria Kasatkina anunciou o fim da relação profissional com o treinador belga Philippe Dehaes. A russa de 21 anos e número 13 do mundo só conseguiu vencer dois jogos em 2019, um no início da semana em Dubai e outro pelo Zonal Euro-Africano I da Fed Cup.

"É com tristeza que estou anunciando que eu e Philippe Dehaes estamos nos separando depois de uma parceria muito bem sucedida", declarou Kasatkina, por meio de seu perfil no Instagram. A jovem jogadora começou a temporada no top 10 e não venceu jogos em Brisbane, Sydney, Australian Open e São Petersburgo.

"Eu devo muito a Philippe pelo sucesso que tive nos últimos dois anos, desde que começamos a trabalhar juntos, mas depois de decidir assumir o controle e a responsabilidade pelo meu próprio tênis, senti que precisava fazer isso sozinha e dar um tempo no trabalho com Philippe. Como ele uma família e filhos para sustentar, eu entendo que isso não é possível para ele e é melhor nós seguirmos nosso caminho separadamente", comenta a russa, que conquistou dois títulos de WTA e disputou cinco finais.

"Gostaria apenas de registrar novamente o quanto sou grata a Philippe. Você sempre significa muito para mim e desejo o melhor. Obrigado por tudo, treinador, você sempre terá um lugar especial no meu coração. Sentirei sua falta nos treinamentos em quadra e de todas as músicas que você cantava no carro", complementou a jovem tenista, que nesta semana caiu na segunda rodada em Dubai.

O próximo compromisso de Kasatkina será o WTA Premier de Indian Wells, que acontece no início de março. Na Califórnia, a jovem jogadora russa terá a difícil missão de defender 650 pontos no ranking, já que foi finalista da edição passada do torneio. Também no ano passado, a russa teve seus melhores resultados em Grand Slam, chegando às quartas de final em Roland Garros e Wimbledon. 

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis