Notícias | Dia a dia
Bellucci e Rogério eliminam Melo e Soares nas 4as
21/02/2019 às 22h28

Rogerinho e Bellucci são os únicos brasileiros vivos no torneio

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Em partida com quatro brasileiros em quadra, os paulistas Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva surpreenderam os favoritos mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares e garantiram vaga na semifinal da chave de duplas do Rio Open. Bellucci e Rogerinho marcaram as parciais de 6/2, 6/7 e 10-5 para chegar à semifinal do ATP 500 disputado no saibro do Jockey Club Brasileiro.

Bellucci e Rogerinho foram os primeiros a quebrar, ainda no game de abertura e cederam apenas quatro pontos nos games de serviço durante o set inicial. A parceria paulista, que salvou um 30-40 no quarto game, ainda conseguiria mais uma quebra antes do fim do set.

A segunda parcial seguiu inteiramente sem quebras. Com o placar empatado por 5/5, Melo foi bastante ameçado depois de cometer uma dupla-falta e sofrer com o peso de uma ótima devolução de Bellucci, mas conseguiu manter o serviço. Aquele foi o único game com break points na parcial.

O tiebreak do segundo set começou muito bom para os paulistas, especialmente por conta de dois ótimos pontos de Bellucci, que ajudaram sua dupla a abrir 3-0. Os dois jogadores de simples cederam o empate por 4-4, mas Bellucci devolveu muito bem o saque de Bruno Soares para ficar perto da vitória. Quem brilhou na sequência foi Marcelo Melo, sacando muito bem e com boas aparições na rede para salvar dois match points antes de fechar o set.

As devoluções de Thomaz Bellucci seguiam bastante eficientes, independentemente se o sacador fosse Melo ou Soares. Os paulistas ganhavam confiança e abriram larga vantagem, chegando a abrir 8-1 no placar, antes de Soares sacar muito bem na pressão e reduzir a diferença. Mesmo cometendo uma dupla-falta e vendo os rivais se aproximarem, Rogerinho cresceu nos pontos disputados no saque de Marcelo Melo e foi firme do fundo de quadra para chegar à vitória.

Outro brasileiro em quadra nesta quinta-feira era o gaúcho Marcelo Demoliner, número 60 do ranking, que foi eliminado nas quartas de final ao lado do dinamarquês Frederik Nielsen. Eles perderam para o tcheco Roman Jebavy e o argentino Andres Molteni por 3/6, 6/4 e 10-3. Jebavy e Molteni encaram Bellucci e Rogerinho na semifinal.

A única ocasião anterior em que o Brasil teve um finalista na chave de duplas do Rio Open aconteceu logo na edição inaugural do torneio em 2014. Naquele ano, Marcelo Melo e o espanhol David Marrero ficaram com o vice-campeonato, superados pelos colombianos Robert Farah e Juan Sebastian Cabal.

Bicampeões de duplas no Rio Open, já que também venceram o torneio em 2016, Farah e Cabal estão novamente entre os semifinalistas. Os colombianos venceram nesta quinta-feira os britânicos Luke Bambridge e Jonny O'Mara por 6/2 e 6/3. Eles enfrentam na próxima fase o argentino Maximo Gonzalez e o chileno Nicolas Jarry, que venceram o croata Nikola Mektic e o argentino Horacio Zeballos por 4/6, 7/6 (7-5) e 12-10.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis