Notícias | Dia a dia
Melo pede calma após nova queda com Soares
22/02/2019 às 07h33

Melo garantiu estar 100% fisicamente

Foto: Fotojump
Felipe Priante

Rio de Janeiro (RJ) - Os mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares não conseguiram emplacar um bom resultado no Rio Open deste ano. Jogando juntos, eles pararam nas quartas de final, caindo nesta quinta-feira diante da parceria formada pelos paulistas Thomaz Bellucci e Rogério Silva, que garantiram um lugar na semi e agora vivem um dilema em relação ao quali do Brasil Open.

Bastante criticado pelo desempenho na Copa Davis, Melo pediu calma após mais um resultado negativo ao lado de Soares. “Às vezes quando eu e o Bruno perdemos parece o fim do mundo, mas temos que ter calma”, falou o mineiro, que garantiu estar totalmente recuperado do problema nas costas que o tirou de ação das primeiras semanas da temporada.

“Estou 100%, não acho que está faltando ritmo. Me crucificaram na Davis falando isso, acho que estou cada vez melhor”, complementou o ex-número 1 do mundo nas duplas, que não explicou exatamente que tipo de lesão sofreu e garantiu não ter passado por operação para corrigi-lo.

Bruno lamentou o aproveitamento de saque da dupla e destacou o desempenho muito bom dos compatriotas neste fundamento. “Eles sacaram uma porcentagem muito alta de primeiro saque e devolveram muito bem, e em todo segundo saque nosso eles nos fizeram pagar. Fizemos um bom jogo, mas eles simplesmente executaram muito bem o que se propuseram a fazer”, analisou.

“A porcentagem de primeiro serviço foi baixa, principalmente da minha parte, e no saibro isso atrapalha, mas foi muito mais mérito deles. Não fizemos uma primeira rodada e ganhamos, hoje fomos bem e perdemos. A temporada é longa e esse é apenas um jogo”, completou Soares.

O atual número 5 do mundo nas duplas mais uma vez mostrou seu lado descontraído e brincou com a eliminação precoce. “Tenho um alívio muito grande, nesse ano eu não perdi na semi”, ironizou Bruno, que em todas as edições anteriores do Rio Open foi eliminado justamente na penúltima rodada do torneio.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis