Notícias | Dia a dia
Murray fará tudo para voltar ao tênis, afirma mãe
22/02/2019 às 10h43

Murray operou logo depois do Australian Open

Foto: Arquivo

Rio de Janeiro (RJ) - Depois de se submeter a cirurgia para colocação de uma prótese metálica no quadril, o escocês Andy Murray acredita que poderá voltar a competir. A afirmação é da mãe Judy à agência de notícias The Associated Press, que a entrevistou durante a disputa do Rio Open. A matriarca da família Murray esteve no Rio de Janeiro para realizar um workshop com treinadores e aproveitou para conhecer as instalações do torneio.

"A operação foi muito similar à que Bob Bryan passou", explicou ela, referindo-se ao duplista norte-americano que conseguiu retornar ao circuito em janeiro deste ano. "É evidene que existe grande diferença entre jogar duplas e simples, mas estou certa de que Andy fará todo o possível para voltar ao circuito".

Judy está convicta de que o filho saberá medir a capacidade de ainda jogar tênis. "Ele sabe que poderá ser ruim forçar novamente, é muito inteligente. O que mais me preocupa é que esse problema não lhe cause dor e limitações para a vida cotidiana. É muito mais importante a qualidade de vida depois do tênis. Mas sei que ele fará de tudo para voltar à quadra".

Questionada se a contusão no quadril seria fruto de treinamento incorreto na fase adolescente, Judy não viu correlação: "Fizemos todas as coisas de forma planejada, nunca houve qualquer alerta sobre a contusão. Não me reprovo por nada que tenha ensinado a meus filhos".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis